Altominho.tv

Câmara de Melgaço coloca cerco sanitário aos 370 habitantes de Parada do Monte

A Câmara de Melgaço implementou hoje um cerco sanitário na aldeia de Parada do Monte, com 370 habitantes, após a confirmação do terceiro caso de infeção pelo novo coronavírus.

Contactado pela agência Lusa, Manoel Batista explicou que a decisão foi tomada hoje de manhã, em articulação com as autoridades de saúde e o posto local GNR.

A medida já está implementada. Já ninguém sai de Parada do Monte e as entradas estão limitadas a situações estritamente necessárias“, afirmou, referindo desconhecer a duração da medida que será “avaliada diariamente”.

Segundo o autarca socialista daquele concelho do distrito de Viana do Castelo, “há mais duas pessoas em isolamento profilático, em casa, à espera do resultado dos testes de despiste da doença“.

Questionado sobre a origem do foco registado naquela aldeia, Manoel Batista adiantou que “a hipótese explicativa mais plausível é que a transmissão tenha sido feita pelo filho e a nora do primeiro doente infetado, emigrantes que chegaram no início de março à freguesia“.

Ambos estão também em confinamento domiciliário“, reforçou.
O primeiro caso confirmado é o de um homem de 82 anos e o casal hoje confirmado tem 82 e 85 anos, todos internados no hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo.

A aldeia está integrada na União de Freguesia de Parada do Monte e Cubalhão, no total, de acordo com o Censos de 2011, com 526 habitantes.