Altominho.tv

Câmara Municipal inicia revisão do Plano de Desenvolvimento Social de Arcos de Valdevez

O Plano de Desenvolvimento Social é um instrumento de definição conjunta de
objetivos para a promoção do Desenvolvimento Social Local.

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez realizou a sessão inicial da revisão do Plano de Desenvolvimento Social do Concelho, com a presença de entidades de diversas áreas de atuação do Município: Ação Social, Inclusão, Igualdade, Saúde, Segurança, Proteção Civil, Desenvolvimento Económico, Emprego, Inovação, Cultura, Desporto e Associativismo.

Neste primeiro encontro, ficou definido que todos os parceiros, de acordo com os grupos de trabalho, iriam dar os seus contributos para o diagnóstico social do território,
identificando vulnerabilidades e ameaças, as potencialidades e as oportunidades a
considerar em prol do desenvolvimento social e económico do Concelho.

Efetuado o diagnóstico avançar-se-á para a construção do Plano de Desenvolvimento Social, através da definição conjunta e partilhada de objetivos e estratégias de atuação prioritárias, que respondam às necessidades identificadas. Com este plano pretende-se atuar ao nível da redução da pobreza, do desemprego e da exclusão social, promover ações de animação das comunidades e da indução de processos de mudança, com vista à melhoria das condições de vida das populações.

Será também elaborada a Carta Social do concelho, a qual, identifica a rede de serviços e equipamentos sociais existentes no município, constituindo-se como num instrumento de suporte na tomada de decisão, de apoio à cooperação institucional e de informação ao cidadão.

O Presidente da Câmara Municipal, João Esteves, marcou presença no arranque deste processo e deixou claro que o envolvimento e a participação de todos é essencial para que todo este planeamento seja bem-sucedido e resulte na elaboração de documentos em que todos se revejam. “Precisamos do envolvimento e a participação de todos, pois só assim conseguiremos um desenvolvimento mais inclusivo, justo e sustentável”, afirmou.