Altominho.tv

Viana do Castelo fornece refeições ‘take away’ a alunos carenciados

A Câmara de Viana do Castelo vai começar, na quarta-feira, a fornecer refeições “take away” a alunos carenciados, identificados por mais de meia centena de Instituições Particulares de Solidariedade (IPSS) do concelho.

A vereadora de Ação Social, Carlota Borges, explicou à Lusa que a medida “já abrande os alunos com escalões A e B”, adiantando que o município decidiu, a partir de quarta-feira, que “as famílias das crianças sinalizadas pelas IPSS podem levantar a refeição na escola de referência do respetivo agrupamento”.

“Estamos a pedir às famílias ou à própria IPSS para se fazerem acompanhar de recipientes para levarem as refeições para casa e não estarem muitas crianças juntas na cantina”, especificou Carlota Borges.

A vereadora de Ação Social explicou que “a medida abrange sobretudo as crianças dos jardins de infância e creches do concelho, sendo que os casos a identificar pelas IPPS que apoiam pessoas com deficiência também serão apoiados”.

“Os idosos que frequentavam os centros de dia e que agora estão em casa, a cumprir isolamento social, estão a ser apoiados pelas IPSS”, referiu.

As refeições em regime de ‘take away’ são fornecidas pelas cantinas das escolas de referência do agrupamento do Monte da Olá, em Vila Nova de Anha, e da EB2.3 Carteado Mena, em Darque, ambas freguesias da margem esquerda do rio Lima.

“Quem tiver necessidade de alimentação ou de medicamentos deve ligar para a IPSS da sua área de residência ou ligar para a linha de apoio social da Câmara”, especificou.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou mais de 180.000 pessoas, das quais mais de 7.000 morreram e 75.000 recuperaram. Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou esta terça-feira o número de casos confirmados de infeção para 448, mais 117 do que no dia anterior.