Altominho.tv
FACEBOOK FORÇAS ARMADAS PORTUGUESAS

Cerca de 300 crianças e jovens de Viana ‘alistaram-se’ por um dia na vida militar

Cerca de 300 crianças e jovens de Viana do Castelo experimentaram, esta quinta-feira, algumas atividades das Forças Armadas, numa iniciativa em que o Chefe do Estado-Maior-General procurou mostrar que a carreira militar é um percurso “viável e aliciante”.

A ação, que se realizou pela primeira vez no continente, depois das edições feitas na Madeira e nos Açores, abrangeu, desta vez, alunos do 4.º e do 9.º ano oriundos de agrupamentos de escolas de Viana do Castelo, que durante o dia tiveram contacto com elementos do Exército, Força Aérea e Marinha.

A manhã foi dedicada ao programa `Alista-te por um dia´, acolhida pela Escola dos Serviços do Exército na Póvoa de Varzim, onde crianças, de oito e nove anos, tiveram contacto com material militar não bélico, perceberam a logística das operações, participaram simulações virtuais, fizeram pequenos passeios numa viatura militar Pandur e até provaram algumas iguarias confecionadas nesta escola do Exército.

“Foi uma experiência diferente e muito engraçada. Gostei da cantina onde comida é muito boa, de visitar a tenda médica, e de andar no carro militar. Diverti-me muito”, partilhou Beatriz Bandeira, de nove anos, que tal como o resto das crianças tiveram a vigilância dos professores e militares durante as atividades.

“Também se apreende muito fora da sala de aula, e quando surgem estas atividades, em que temos a total garantia da segurança, são experiências que os alunos não se esquecem e retêm muitas informações”, disse à Agência Lusa o diretor do agrupamento de escolas da Abelheira, José Pires de Lima.

O também docente lembrou que “para muitos jovens a ideia do que fazem os militares cinge-se ao que veem nos vídeo-jogos”, considerando que experiências com esta “ajudam a complementar a transmissão de valores de cidadania feitos na escola”.

O dia de troca experiências foi acompanhado pelo Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, almirante António Silva Ribeiro, mentor do projeto, que interagiu com as crianças e partilhou algumas das suas vivências.

“A divulgação das Forças Armadas funciona como um exercício de cidadania para os mais jovens, explicando-lhes que estamos ao serviço dos portugueses na defesa militar, mas, também, no apoio às populações em situações de emergência”, disse à Agência Lusa o almirante.

Considerando que as Forças Armadas são “uma escola de valores”, Silva Ribeiro acredita que atividades como estas ajudam, também, a divulgar “uma carreira militar como um percurso profissional viável e aliciante”.

“Queremos despertar na consciência dos jovens essa possibilidade dando-lhes todas as informações sobre o que fazemos. Havendo na nossa sociedade espaço para todas as profissões, esta proporciona uma carreira aliciante, com valores patrióticos, e que é essencial para segurança do país”, vincou Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas.

Durante a visita, o presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, defendeu que as autarquias têm a obrigação de promover a interação entre as instituições militares e a sociedade, considerando que “é fundamental” que as “crianças saibam, desde cedo, a importância das Forças Armadas” na sociedade e a “ajuda que dão em tantos problemas, nomeadamente na prevenção dos incêndios florestais”.

As atividades prolongaram-se pela tarde, já em Viana do Castelo, com os jovens a experimentaram alguns meios navais disponibilizados pela Marinha e participado num debate com o tema “Cidadania e Forças Armadas”, destinado a alunos do 9.º ano de escolaridade, com palestras ministradas por oficiais dos três ramos das Forças Armadas, que focaram as missões no contexto nacional e internacional e também no exercício da cidadania.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.