Altominho.tv

Aulas de português em Viana do Castelo abrangem 120 pessoas de 20 nacionalidades

A Câmara de Viana do Castelo iniciou as aulas gratuitas de português para migrantes, que estão já a abranger mais de 120 pessoas de cerca de 20 nacionalidades.

Segundo a autarquia, as aulas de língua portuguesa “destinam-se a qualquer cidadão estrangeiro que pretenda aprender ou aperfeiçoar a língua portuguesa e conhecer Portugal e a sua cultura”, sendo lecionadas por 10 professores voluntários, que têm como alunos principalmente cidadãos de Itália, Reino Unido, Colômbia, Venezuela, Espanha e França.

As aulas “têm a duração de duas horas semanais e funcionam durante o período escolar normal, entre os meses de setembro a junho, com interrupção nas férias de Natal, Páscoa e verão”, adianta a nota divulgada pela autarquia.

A iniciativa conta com parceria dos Serviços Sociais dos Trabalhadores Municipais de Viana do Castelo, Escola Secundária de Monserrate e Escola Secundária de Santa Maria Maior para cedência de espaço para a concretização das aulas.

As inscrições decorrem presencialmente no Edifício Vila Rosa ou através de e-mail.

De acordo com o Plano Municipal para a Integração dos Migrantes (PMIM) criado em 2018, o concelho de Viana do Castelo acolhe um número relativamente expressivo de nacionais de países terceiros e tem vindo a desenvolver uma política de acolhimento direcionada a esta população.

Conduzir ao aumento da taxa de empregabilidade dos cidadãos Nascidos em Países Terceiros (NPT), incrementar os níveis de conhecimento e o domínio da língua portuguesa, criar condições para o aumento da formação e capacitação, promover a aquisição de novas competências, assim como potenciar e reforçar relações dos cidadãos NPT com a comunidade de acolhimento são propósitos deste plano.