Altominho.tv

Vilar de Mouros reembolsa valor de bilhetes para o dia em que Limp Bizkit seriam cabeça de cartaz

Os portadores de bilhete para o dia em que os norte-americanos Limp Bizkit deveriam atuar no festival Vilar de Mouros, em Caminha, podem pedir o reembolso do mesmo, anunciou a organização da iniciativa.

“Porque fazemos questão de continuar a cuidar de todos os que celebram Vilar de Mouros connosco, informamos que, a partir do dia 28 de julho e até 24 de agosto de 2022, todos os portadores de bilhete para o dia 26 de agosto poderão requerer, sem qualquer complicação, o reembolso do mesmo no local de compra ou através da plataforma de ticketing onde tenham sido adquiridos”, lê-se num comunicado partilhado nas páginas do festival nas redes sociais.

Os Limp Bizkit adiaram a digressão europeia, que incluía o concerto no festival Vilar de Mouros, devido a problemas de saúde do vocalista, Fred Durst.

Como tantos outros festivais, também Vilar de Mouros acabou por ter uma pausa forçada de dois anos, devido à pandemia de Covid-19, estando o regresso marcado para os dias 25, 26 e 27 de agosto.

A banda norte-americana tinha transitado do cartaz de 2020 para este ano, sendo cabeça de cartaz do dia 26 de agosto.

No comunicado divulgado, a organização assume que, “dada a proximidade da data”, possivelmente não terá “forma de substituir (artisticamente) os Limp Bizkit”. “Mas é seguro que vamos manter a qualidade do elenco que levamos a Vilar de Mouros desde 2016”, lê-se na nota.

O cartaz do festival Vilar de Mouros para este ano inclui Hoobastank, Placebo, Suede, Iggy Pop, Bauhaus, Wolfmother, The Legendary Tigerman e Tara Perdida.