Altominho.tv

Caminha com orçamento de 25 milhões de euros para 2022

O presidente da Câmara de Caminha vai apresentar, esta quarta-feira, a proposta de Plano e Orçamento para 2022, no valor de 25 milhões de euros, informou esta terça-feira a autarquia.

Em comunicado enviado às redações, o município refere que “a grande aposta do documento previsional para o ano de 2022 continua a ser o combate aos efeitos sanitários, económicos e sociais da pandemia, havendo algumas novidades que reforçam a atenção a dar às freguesias, associações desportivas e famílias com dificuldades económicas”.

As transferências correntes para as Uniões e Juntas de Freguesias “subirão 20% e serão pagas antecipadamente nos primeiros meses do ano”. Por outro lado, “as associações desportivas terão um acréscimo de 25% nas verbas de apoio e a bolsa de apoio às famílias para pagamento de despesas domésticas e de educação sobe 70% relativamente ao ano transato”.

No documento que enviou para deliberação do executivo municipal, Miguel Alves dá nota de “um primeiro passo de alívio fiscal com a introdução do denominado IMI familiar que permite um desconto até 70 euros para famílias com menores a seu cargo”.

O autarca destaca também, no Plano Plurianual de Investimentos, “o valor superior a um milhão de euros que se prevê para a reabilitação e construção de habitações, dando corpo à Estratégia Local de Habitação aprovada em setembro do último ano”.

“Obras como a Escola Básica de Vila Praia de Âncora, a sede da Academia de Música Fernandes Fão, o Mercado Municipal de Caminha, a reabilitação das margens do Coura entre Caminha e Vilar de Mouros e a reabilitação do Forte da Lagarteira têm também lugar de destaque na previsão de despesas de capital que, este ano, ultrapassa os nove milhões de euros”, aponta.

A proposta de Plano e Orçamento para 2022 vai ser discutida na reunião de Câmara que acontecerá esta quarta-feira, pelas 15h00.