Altominho.tv

Subestação elétrica para abastecer parque empresarial em Viana custa 2,4 ME

A empresa E-REDES deu início à construção de uma subestação elétrica no Parque Empresarial de Lanheses, Viana do Castelo, e respetivas redes de alta e média tensão, um investimento de 2,4 milhões de euros, foi hoje anunciado.

Em comunicado, a empresa acrescenta que aquelas infraestruturas elétricas vão permitir abastecer cerca de 3,9 mil clientes residenciais e 25 clientes empresariais.

A construção da nova subestação de Lanheses, que integrará o sistema elétrico nacional, deverá estar concluída no final de 2022.

“Neste momento, realiza-se a preparação da plataforma da subestação e as betonagens das sapatas do edifício de comando”, refere a empresa.

A nova subestação terá uma potência instalada inicial de 20 MVA.

Irá também ser construída a rede de alta tensão, que alimentará a subestação, e toda a nova rede de média tensão, que vai interligar à já existente.

“Estas novas infraestruturas fazem parte da política de investimento e manutenção na rede elétrica, por parte da empresa, tendo como eixos principais a melhoria no abastecimento de energia elétrica e o aumento da resiliência da rede, situando-se a subestação, neste caso particular, no Parque Empresarial de Lanheses e assumindo assim um papel fulcral na garantia do abastecimento e da qualidade de energia às diversas empresas aí localizadas”, sublinha a E-REDES.

A E-REDES é a empresa do Grupo EDP responsável pela operação da rede de distribuição de energia elétrica em Portugal Continental, em baixa, média e alta tensão.