Altominho.tv

Vereadores PS na Câmara de Viana do Castelo vão ter bicicletas elétricas de serviço

O presidente e os quatro vereadores da maioria PS na Câmara de Viana do Castelo vão passar a deslocar-se em bicicleta elétricas para deslocações, em serviço, no centro histórico, foi hoje anunciado pelo autarca Luís Nobre.

O anúncio do novo presidente da Câmara de Viana do Castelo foi feito, hoje, no período aberto ao público da reunião camarária, na sequência da interpelação de um munícipe que confrontou o executivo municipal com os principais problemas de trânsito sentidos em algumas artérias da cidade.

No final da sessão, questionado pelos jornalistas, Luís Nobre adiantou que “ainda antes do final do ano” espera ter todas as bicicletas disponíveis para poder pôr em prática o “desafio” que lançou aos colegas do executivo municipal.

“Se desejamos uma cidade em que a componente pedonal assuma relevância em detrimento do transporte individual, o executivo nas deslocações no centro histórico, sempre que possível o deve fazer. Foi esse o desafio que lancei a todos os vereadores pelouros. Aceitaram-no e agora é só esperar que as condições climatéricas o permitam”, afirmou.

O autarca socialista adiantou que o procedimento de aquisição das bicicletas elétricas está em curso, sendo que duas das cinco necessárias já se encontram na autarquia.
Luís Nobre justificou a medida com a necessidade de cumprir a meta estabelecida pelo executivo socialista de, até 2027, transformar a cidade numa zona neutra em carbono.

“Queria ser o primeiro município a alcançar a neutralidade carbónica, mesmo na incorporação de atividades industriais. Temos vários exemplos associados às energias renovarias (…) Em todas as atividades do município temos de dar sinais de que queremos ter esse objetivo. Não basta decretá-lo, é preciso, no dia-a-dia, ir implementando-o”, referiu.

O autarca apelou a “empresários e a todos os atores de todas as atividades” para seguirem o exemplo e “darem o seu contributo” nesta meta de descarbonização.

Luís Nobre adiantou que a utilização das bicicletas elétricas nas deslocações dos vereadores com pelouros nas deslocações, em serviço, no centro histórico vai ao encontro dos objetivos da Cidade Europeia do Desporto que Viana do Castelo assumirá em 2023.

Apontou ainda o “compromisso” que assumiu “com os vianenses de concluir a rede de ecovias, ciclovias e de estabelecer a ligação entre a margem esquerda e a direita do rio Lima”.

Na tomada de posse, Luís Nobre apontou a mobilidade sustentável como uma das prioridades no mandato, projetando a construção de uma ligação pedonal entre as duas margens do rio Lima.

Na altura, disse que irá lançar um concurso internacional de ideias já para escolher a melhor solução para este projeto, que dará continuidade e interligará a rede municipal de ciclovias e ecovias.

Luís Nobre admitiu ser “bem provável” que, no futuro, o presidente ou os vereadores com pelouro possam chegar a cerimónias oficiais do município de bicicleta elétrica.

“As deslocações que fazemos com frequência à biblioteca municipal, ao museu do traje e a outros equipamentos municipais, se as condições climatéricas o permitirem, podem ser feitas neste meio de transporte, evitar o transporte motorizado”, disse.