Altominho.tv

“Revitalização da Capela de Santiago e Recuperação e Beneficiação dos Alçados e Vãos do Museu dos Terceiros” em Ponte de Lima

No âmbito do projeto de Qualificação e Valorização do Caminho Português de Santiago de Compostela, a Câmara Municipal de Ponte de Lima deu nota que aprovou na reunião de 28 de dezembro, a adjudicação da empreitada de “Revitalização da Capela de Santiago e Recuperação e Beneficiação dos Alçados e Vãos do Museu dos Terceiros”, pelo valor de 240.440,00€+Iva.

“Prevê-se o restauro integral da Capela de Santiago, uma das poucas capelas dedicada a Santiago de Compostela, outrora pertencente à Casa de Bragança e, antes desta, à Igreja Compostelana, em pleno Caminho de Santiago, na freguesia da Correlhã”, informou a autarquia.

A intervenção “traduz-se na substituição dos pavimentos exteriores existentes em terra batida por pavimento em betuminoso colorido amarelo, execução de cobertura nova na capela, restauro das paredes alvenaria de pedra, restauro dos elementos decorativos em pedra, execução de novos rebocos, colocação de novos vãos e novas infraestruturas elétricas”.

A par desta intervenção acresce uma outra, no atual Museu dos Terceiros, extinto convento franciscano do século XV, que teria uma das mais antigas hospedarias onde pernoitavam peregrinos.

Em comunicado, a Câmara de Ponte de Lima disse que “requalificar e conservar monumentos de caráter relevantes, numa parte do troço do Caminho Português de Santiago, bem como dinamizar o itinerário cultural com ações de promoção no Museu dos Terceiros e promover a proteção, certificação e divulgação do Caminho de Santiago, em parceria com a Associação dos Amigos do Caminho Português de Santiago, são os grandes objetivos deste projeto de Qualificação e Valorização do Caminho Português de Santiago de Compostela, cujo investimento total é de 812.609,51€, com uma taxa de comparticipação de 85%, o que equivale a 690.718.09€, garantindo a autarquia a restante verba, que ascende aos 121 891,42€”.