Altominho.tv

CIM Alto Minho apresenta estratégia para a paisagem da região em Paredes de Coura

A Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) promove, na sexta-feira, dia 13 de dezembro, no Centro Cultural de Paredes de Coura, o seminário “Paisagem e Desenvolvimento Sustentável: Novos Desafios & Experiências”.

Na nota enviada hoje à imprensa, a CIM Alto Minho explica que, neste seminário, realizado no âmbito das iniciativas de valorização do património natural do Alto Minho, será efetuada a apresentação pública da Estratégia Regional para a Paisagem do Alto Minho.

Esta estratégia “teve como base estudos de caracterização da paisagem, tendo em consideração os seus principais padrões biofísicos e dinâmicas de alteração, definindo-se assim um conjunto de eixos estratégicos prioritários para concretização dos seus objetivos e uma estratégia de promoção e valorização do território”, explicam, acrescentando que “cada um dos eixos de atuação definidos procura responder às oportunidades e desafios identificados ao nível da paisagem no Alto Minho e pretende nortear a ação das entidades com competências de gestão do território ao nível municipal e regional”.

Além da apresentação, o seminário inclui diversas comunicações e debates sobre experiências inovadoras de gestão da paisagem nos espaços de excelência ambiental do Alto Minho, de que são exemplo o projeto “Gnómon – Escolas da Biosfera”, o projeto “Acontece in Loco – Montanha do Alto Minho” ou “Os projetos LIFE para a conservação dos tipos de habitat prioritários no Alto Minho”.

“Na reflexão sobre valores naturais e turismo sustentável, salientam-se diversos desafios chave para a evolução sustentável do Alto Minho a tratar por especialistas, envolvendo, nomeadamente, os benefícios do turismo sustentável nas comunidades locais, a cargo do representante do Green Destinations, Diogo Neves; a certificação das atividades outdoor no âmbito do desporto de natureza, a cargo do professor da Escola de Desporto e Lazer do IPVC, Joel Pereira; os desafios e oportunidades para a resiliência e sustentabilidade da paisagem, por Francisco Castro Rego, do Instituto Superior de Agronomia e presidente do Observatório Técnico Independente; a problemática da ocupação sustentável do território agroflorestal enquanto contributo para a nova Política Agrícola Comum (2021-2027), por Carlos Duarte e Rui Monteiro, do Grupo de Trabalho para o Desenvolvimento Agrário da Região Norte”, lê-se naquela nota.

O programa conta também com uma cerimónia de entrega dos diplomas da Carta Europeia de Turismo Sustentável (CETS), que irá decorrer pelas 17h30, aquando da sessão de encerramento do seminário. Estes diplomas serão entregues às primeiras 12 entidades, públicas e privadas, do Alto Minho a aderir à II Fase da Carta Europeia de Turismo Sustentável, no âmbito de uma candidatura da CIM Alto Minho, com vista ao seu reconhecimento como parceiros na implementação da CETS.

Ainda associado ao seminário, realizar-se-à, no dia 14 de dezembro, uma saída de campo à Paisagem Protegida das Lagoas de Bertiandos e de S. Pedro d’Arcos, em Ponte de Lima, com início às 09h30.

Este seminário insere-se no projeto da CIM Alto Minho – “Rewilding Alto Minho Landscapes – Novos espaços de conservação e proteção da natureza e de turismo sustentável no Alto Minho”, apoiado pelo PO Norte 2020, que visa desenvolver e promover uma estratégia e rede regional de espaços de conservação e valorização sustentável da biodiversidade e das paisagens naturais e rurais do Alto Minho.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.