Altominho.tv

PSD recomenda ao Governo manutenção de financiamento à bienal de Cerveira

O grupo parlamentar do PSD recomendou esta sexta-feira ao Governo a manutenção do financiamento à bienal de arte de Vila Nova de Cerveira, excluída do Programa de Apoio Sustentado 2020-2021 da Direção-Geral das Artes (DGArtes).

No projeto de resolução, divulgado no mesmo dia de um debate temático no plenário da Assembleia da República com a presença da ministra da Cultura sobre o apoio às artes, o grupo parlamentar social-democrata afirma que aquela decisão “coloca em causa a viabilidade e a continuidade daquela que é a mais antiga bienal de artes do país”. 

“A bienal de artes de Vila Nova de Cerveira é desde 1978, e desde 2010, através da sua fundação, um ator fundamental na promoção da descentralização cultural ao ter um papel essencial na promoção das artes plásticas nacionais e internacionais”, sustenta o partido.

Na recomendação, o grupo parlamentar do PSD destaca que, “apesar de todos os constrangimentos com que se tem deparado ao longo das suas quatro décadas de existência, muitas delas decorrentes do facto de existir fora dos chamados grandes centros urbanos”, a bienal de arte “mais antiga do país e Península Ibérica, impôs-se como um dos acontecimentos mais relevantes fora das áreas metropolitanas de Lisboa e Porto”.

Anteriormente, também o Bloco de Esquerda e o PS questionaram o Governo sobre a falta de financiamento à bienal, decisão que deixou o presidente da Câmara de Vila Nova de Cerveira e da fundação que organiza o evento “completamente desiludido”.

Já o presidente da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho, o socialista José Maria Costa, disse ter ficado “estupefacto” com a decisão “incompreensível” da DGArtes por considerar que “lesa a afirmação cultural descentralizada e fora da capital do país”.

A DGArtes revelou, este mês, as três entidades culturais, todas da Área Metropolitana de Lisboa, que vão receber um total de 550 mil euros de apoio sustentado à criação, na área das Artes Visuais, para 2020-2021.

Os resultados definitivos do Programa de Apoio Sustentado 2020-2021 começaram, na segunda-feira da semana passada, a ser divulgados pela DGArtes e, na área das Artes Visuais, confirmaram os resultados provisórios anunciados em 11 de outubro.

A candidatura da bienal de Cerveira é uma das cinco que foram consideradas elegíveis para apoio pelo júri, mas para as quais não há financiamento disponível.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.