Altominho.tv

Proposta classificação de igreja de São João da Ribeira em Ponte de Lima

A Direção Geral do Património Cultural propôs ao Ministério da Cultura a classificação do conjunto formado pelo adro e igreja de São João da Ribeira, em Ponte de Lima, distrito de Viana do Castelo, segundo anúncio publicado hoje.

De acordo com a anúncio publicado hoje em Diário da República (DR), além da proposta de classificação daquele conjunto como Monumento de Interesse Público (MIP), a DGPC abriu um período de consulta pública do processo, com a duração de 30 dias úteis.

A classificação do imóvel foi iniciada em 2012, mas viria a ser a arquivada pela DGPC que alegou a “existência de deficiências de instrução” do processo, “consideradas insanáveis em tempo útil”.

O processo de classificação do imóvel foi reaberto em novembro de 2013 e, de acordo com o anúncio do “novo procedimento de classificação”, foi estabelecida uma zona geral de proteção de 50 metros contados a partir dos limites externos da igreja e do adro. 

Segundo informação da DGPC, a igreja de São João da Ribeira “remonta, pelo menos, aos finais do século X”, tendo sofrido sucessivas obras e alterações.

“Os vestígios mais antigos que, na atualidade, podemos identificar na igreja remontam à época final do Românico”, assegura aquela entidade. A porta Norte é um dos destaques deste templo, com o seu “arco de volta perfeita definido por duas arquivoltas que assentam no muro”.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.