Quatro detidos por suspeitas de crimes de burla no distrito de Viana do Castelo

Quatro pessoas foram detidas na quarta-feira no distrito de Viana do Castelo por suspeitas de autoria de crimes de burla qualificada, associação criminosa, falsificação de documentos e abuso de confiança, anunciou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

Em comunicado, a PJ adianta que os quatro detidos, com idades entre os 37 e os 55 anos, desenvolveram durante anos, na zona do distrito de Viana do Castelo, “atividade de promoção bancária, a coberto da qual terão praticado os crimes”.

Na sequência dos crimes, os clientes do banco tiveram prejuízos que ascendem a mais de um milhão e seiscentos mil euros.

A PJ indica também que os quatro homens foram detidos na sequência de 13 buscas e no cumprimento de mandados de detenção emitidos pelo Ministério Público de Viana do Castelo.

Nas buscas, foram apreendidas seis viaturas de gama alta, dinheiro e prova documental e digital.

Os detidos vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

Fonte: Lusa