Altominho.tv

Paredes de Coura fechou contas de 2018 com taxa de execução de 90%

A Câmara de Paredes de Coura informou ter encerrado as contas de 2018 com uma taxa de execução de 90%, sublinhando o prazo médio de pagamentos a um dia, aos fornecedores.

Em comunicado, a autarquia liderada por Vítor Paulo Pereira referiu, a propósito da aprovação, pela assembleia municipal, na segunda-feira, do Relatório de Prestação de Contas de 2018, que o documento “confirma, em definitivo, a ideia da consolidação, da inovação e da ousadia das políticas municipais enunciadas em 2013, aquando da nossa tomada de posse”.

“Paredes de Coura continua a crescer economicamente. Somos diligentes e eficazes na criação de emprego”, sustenta o Vítor Paulo Pereira, citado na nota enviada à imprensa.

O presidente da câmara salientou ainda “o prazo médio de pagamentos aos fornecedores, que passou de 14 dias para um dia”.

“Traduz a excelência no relacionamento com todos os fornecedores do município. Ser de esquerda exige, antes de tudo, ter boas contas, porque, até prova em contrário, não podemos fazer ação social ou promover políticas de inclusão ou de promoção da igualdade sem dinheiro, o mesmo será dizer, sem boas contas”, sublinhou.

Segundo o autarca, que tem maioria absoluta no executivo municipal, a gestão socialista conseguiu “conciliar a capacidade de investimento com a redução da dívida, fortalecendo as necessidades de investimento que permitirão suportar financeiramente alguns projetos que mudarão para melhor a vida de todos os courenses”.

“Brevemente começarão as obras da nova ligação rodoviária de Paredes de Coura à autoestrada A3, a ampliação das zonas industriais, a segunda fase da reabilitação urbana e as tão desejadas obras na rede viária municipal”, especificou.

Vítor Paulo Pereira apontou ainda “a taxa de execução ao nível da receita de 90,6%”, sublinhando que “espelha rigor e seriedade na elaboração dos orçamentos”. O município apresenta a dívida atual de 5.124.826,55 euros, o que representa uma diminuição de quase 800 mil euros.

Para o autarca, as contas de Paredes de Coura “estão bem e recomendam-se”: “Investimos muito nas freguesias e na rede viária, sem esquecer os projetos estratégicos para o nosso concelho como a ligação ao parque industrial de Formariz, a solução para o antigo Sanatório ou a reabertura do Tribunal de Paredes de Coura”, concluiu.

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com