Altominho.tv

Mais de 400 mil euros de investimentos lançados em Caminha

O presidente da Câmara de Caminha, Miguel Alves, anunciou hoje um investimento de mais de 400 mil euros em dois projetos municipais nas áreas da reabilitação urbana do centro histórico da vila e de valorização do território.

Em causa, segundo o autarca socialista, está uma empreitada de cerca de 340 mil euros, para a requalificação do centro histórico de Caminha está integrada no Plano de Ação de Regeneração Urbana (PARU), do concelho.

A intervenção, que deverá iniciar-se em fevereiro, “prevê a reabilitação e melhoramentos de pisos e infraestruturas subterrâneas na rua Ricardo Joaquim de Sousa, conhecida localmente como rua Direita, o largo doutor Luís Fetal Carneiro (em frente à sede da Junta de Freguesia), largo dos Combatentes e travessa do Tribunal.

O segundo projeto, designado “Caminha Power Wi-Fi”, prevê “um investimento de cerca de 70 mil euros e abrangerá, numa primeira fase, a praça sonselheiro Silva Torres (Terreiro), a praça Calouste Gulbenkian e a rua Direita.

Ao abrigo deste projeto “será criada uma aplicação móvel “CityFy Tourism” (IOS e Android) que incluirá um conjunto de informação para quem se deslocar a Caminha”.

Segundo Miguel Alves, o projeto “tem financiamento garantido através do programa Valorizar, lançado pela secretaria de Estado do Turismo, com o objetivo permitir que turistas e munícipes de visita pelo Centro Histórico de Caminha se possam ligar à rede sem fios de forma mais simples, mais fácil e sempre gratuita”.

Os contratos de financiamento dos dois projetos vão ser assinados, na sexta-feira, pelas 16:30, na biblioteca municipal de Caminha, com a presença anunciada do ministro da Economia, Pedro Siza Vieira.

Miguel Alves adiantou que, em Caminha, o governante irá participar, a partir das 18:00, numa reunião de trabalho com os Agrupamentos de Cooperação Territorial Galiza-Norte de Portugal e Rio Minho-Galiza.

“A oportunidade e potencial das relações transfronteiriças, o atual e o próximo quadro comunitário e os problemas específicos da vivência económica da raia vão estar em debate nesta reunião que juntará, não só as diversas entidades que compõe os Agrupamentos Europeus de Cooperação Territorial (AECT), mas também com a presença da secretária de Estado do Turismo, secretário de Estado da Economia, secretário de Estado da Defesa do Consumidor e secretário de Estado da Valorização do Interior.

“A visita do senhor ministro e de toda a equipa do Ministério da Economia vem premiar os números de excelência que Caminha e o Alto Minho vêm apresentando no crescimento do emprego e dos números do turismo. No caso de Caminha, atingimos o valor mais baixo de desempregados desde que há registo e, quanto à indústria do turismo, o número de hóspedes cresceu 87,7% nos últimos cinco anos”, destacou Miguel Alves.

Para o autarca socialista “só por si” aqueles números “justificam” a visita do ministro que “vem fazer mais, promover um investimento global de mais de 400 mil euros na qualificação física e imaterial do centro histórico de Caminha e debater, com os agentes de desenvolvimento local, os perigos e oportunidades de uma relação transfronteiriça viva e aberta”.

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!