Altominho.tv

CGD tem mais de 500 milhões de euros de crédito concedido a empresas do Alto Minho

O presidente da CGD afirmou que o banco público tem mais de 500 milhões de euros de crédito concedido no distrito de Viana do Castelo e mais de seis mil milhões na região Norte.

Paulo Macedo, que falava esta segunda-feira no encerramento do encontro “Competitividade e Estratégia de Crescimento Sustentável para o Noroeste Peninsular”, que decorreu em Viana do Castelo, disse que os mais de 500 milhões de euros de crédito concedido abrangem mais de cinco mil grandes, médias, micro e pequenas empresas.

O responsável adiantou que, no Alto Minho, a Caixa Geral de Depósitos (CGD) tem 124 clientes distinguidos com o galardão Empresas Top e sublinhou que, Viana do Castelo “está a competir em áreas em que muitos não acreditavam há quatro anos”.

Paulo Macedo referiu que, na região Norte, “onde está incluído o distrito de Viana do Castelo, o objetivo da CGD é crescer mais dois a três mil milhões de euros”.

“A CGD tem de crescer mais nas empresas, não pode ser apenas um banco das famílias. Quer estar com as empresas onde tem menores quotas de mercado e naquelas empresas que sentimos que podem exportar mais, que são mais pujantes, mais dinâmicas e mais inovadoras”, referiu.

O presidente da CGD destacou que, além dos aeroportos, portos e aeródromos existentes na região Norte são as 12 universidades nela instaladas que representam a “riqueza que vai potenciar o futuro e desenvolvimento”.

“As regiões de sucesso conseguem conjugar as suas empresas com os seus empresários, com as infraestruturas disponíveis, ao mesmo tempo que oferecem polos de conhecimento nas universidades”, sustentou.

Para Paulo Macedo, aquele conjunto de características “permitem encarar o futuro de forma positiva”, apelando “à inovação e competitividade, à eficiência de recursos, ao fortalecimento da resiliência territorial face aos riscos de origem natural, climática e humana”.

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!