Altominho.tv

Caminha faz homenagem aos combatentes da Primeira Grande Guerra

A Câmara de Caminha e o Agrupamento de Escolas Sidónio Pais vão homenagear os 150 combatentes caminhenses que participaram na Primeira Grande Guerra, numa cerimónia marcada para sábado. A Homenagem aos Mortos da Grande Guerra integra o programa do evento “Do Armistício da Grande Guerra ao Assassinato de Sidónio Pais”, que está a ser promovido neste concelho até 14 de dezembro.

A autarquia refere, em comunicado, que a iniciativa “Do Armistício da Grande Guerra ao Assassinato de Sidónio Pais” tem como objetivo “assinalar dois factos históricos, o Armistício e o Assassinato de Sidónio Pais, avaliando o impacto que ambos tiveram no município”.

A cerimónia de Homenagem aos Mortos da Grande Guerra inicia com a inauguração do futuro “Largo dos Combatentes”, em pleno Centro histórico de Caminha, pelas 10h00, seguida da inauguração da mostra bibliográfica ‘A Livraria do Coronel Júlio Torres’ e da exposição “Da Batalha de Lalys ao Armistício”.

A mostra bibliográfica ‘A Livraria do Coronel Júlio Torres’ é composta por quatro painéis e poderá ser visitada na Biblioteca Municipal de Caminha até 14 de dezembro.

A inauguração da exposição “Da Batalha de Lalys ao Armistício”, patente no Museu Municipal de Caminha, homenageia os caminhenses que combateram na Primeira Grande Guerra e é composta por três núcleos. O primeiro dá enfoque à Batalha de Lalys, o segundo dá a conhecer os caminhenses na Grande Guerra, onde se podem ver os rostos e percurso de vida dos cerca de 150 homens que combateram na Primeira Grande Guerra e, por último, um núcleo dedicado a Sidónio Pais, um Presidente da República natural de Caminha.

Ainda na sexta-feira, pelas 18h00, “A Maçonaria e a Loja Ancorense Vedeta do Norte” é o tema da conferência, com Paulo Torres Bento e um convidado da Maçonaria.

Na semana seguinte, a 23 de novembro, também pelas 18h00, decorrerá a conferência “A Pneumónica no Concelho de Caminha”, com Aurora Rego e Luís Belo.

No dia 8 de dezembro, terá lugar o colóquio “Do Armistício da Grande Guerra ao Assassinato de Sidónio Pais”, composto por dois painéis “O CEP e os Militares do Concelho de Caminha”, orientado pelo sargento José Santos e Paulo Torres Bento, e “Sidónio, a Guerra e a Política”, com Armando Malheiro e Fernando Rosas.

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!