Altominho.tv

Câmara de Cerveira mantém IMI e Derrama nos níveis mínimos em 2019

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira decidiu manter, para o próximo ano, o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a Derrama nos valores mínimos exigidos por lei.

Os proprietários de património imobiliário neste concelho continuarão a pagar, em 2019, 0,3% de IMI para os prédios urbanos avaliados e 0,8% para os prédios rústicos.

A redução do valor do IMI em função do número de filhos também se mantém inalterada, nomeadamente de 20 euros para agregados familiares com um dependente, de 40 euros para agregados familiares com dois filhos e de 70 euros para casais com três ou mais dependentes.

No que diz respeito à taxa de derrama para 2019, a proposta mantém-se igual aos anos anteriores. As empresas com volume de negócios até 75 mil euros estão isentas de pagamento de derrama. Para volume de negócios até 150 mil euros a taxa a pagar está fixada em 0,8% e as restantes empresas que apresentarem um volume de negócios acima dos 150 mil euros ficam sujeitas à taxa de 1,5%.

A taxa municipal de Direitos de Passagem para 2019 também não sofre alterações, mantendo-se nos 0,10%. Trata-se de um imposto a aplicar sobre cada fatura emitida pelas empresas que oferecem redes e serviços de comunicações eletrónicas acessíveis ao público.

Com esta proposta, que será apreciada e votada na próxima sessão ordinária da Assembleia Municipal de Vila Nova de Cerveira, a autarquia pretende “não onerar a carga fiscal das famílias e das empresas, incentivando a sua permanência e fixação no concelho”.

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!