Altominho.tv

A Câmara Municipal de Caminha vai avançar com o projeto School4All – Caminha

A Câmara Municipal de Caminha vai avançar com o projeto School4All – Caminha, com o objetivo de promover o sucesso escolar no concelho de Caminha, orçado em 265 mil euros. Trata-se de mais um investimento na educação e formação dos alunos do concelho. Este projeto vai ser cofinanciado em 85% pelo Fundo Social Europeu, sendo a restante quantia assumida pelo Município de Caminha.

Este projeto resulta de uma candidatura aprovada no âmbito do Programa Operacional Regional do Norte, Norte 2020, submetido ao eixo prioritário 8: educação e aprendizagem ao longo da vida, no montante 265,905 €, financiado em 85% pelo Fundo Social Europeu.

O objetivo deste projeto é melhorar a qualidade das aprendizagens dos alunos de forma a promover o sucesso escolar e reduzir a taxa de insucesso e abandono, isto é, investir na redução e prevenção do abandono escolar precoce e no estabelecimento de condições de igualdade no acesso à educação infantil, primária e secundária.

O School4All – Caminha apresenta como ações estratégicas o desenvolvimento de sistemas de sinalização e atuação precoce; a criação de equipa multidisciplinar; a aquisição de equipamentos inovadores  mais apelativos e motivadores; a promoção de ações de capacitação e sensibilização destinadas aos diferentes elementos da comunidade escolar; a implementação de práticas de reflexão e autocontrolo nas salas de aula;  visitas de estudo e trabalho de campo; a criação do currículo de base local e de uma plataforma de partilha; a distribuição de kit’s experimentais e criação de guias para as atividades; o alargamento da prática musical; a realização de workshops e seminários; a criação do programa/canal ‘A Ciência no Alto Minho’; a implementação de ações de envolvimento e formação parental; a promoção do trabalho em rede; a realização de concursos; e a aposta no desenvolvimento de competências transversais (educação para a sustentabilidade, TIC/programação, música).

Este projeto temo como metas atingir o envolvimento de todos os níveis de ensino (desde o pré-escolar até ao ensino secundário); a implementação de 100% das medidas de cada operação; a redução, em pelo menos 15%, dos alunos com níveis inferiores a 3 e a redução, em pelo menos 25%, da taxa de retenção e desistência.

O School4All – Caminha engloba 5 subprojetos: ‘Terra Educa’: ‘Música no Alto Minho’; ‘Experimenta brincando e aprende experimentando’; ‘Bom é saber calar até ser tempo de falar’ e ‘Laboratório de aprendizagens ativas’.

O subprojeto ‘Terra Educa’ dirige-se às crianças do pré-escolar e alunos do 1º ciclo e tem como objetivo a promoção de valores, atitudes e comportamentos de preservação ambiental.

O ‘Música no Alto Minho’ dirige-se às crianças do pré-escolar e alunos do 1º ciclo e apresenta como objetivo alargar a prática musical, colocando a música ao serviço do combate ao abandono e insucesso escolar.

O ‘Experimenta brincando e aprende experimentando’ tem como público alvo os alunos d 1º ciclo e visa fomentar a prática experimental com os alunos, de forma a desenvolver o espírito crítico, dedutivo e prático e o gosto pela aprendizagem, aumentando os níveis de literacia científica.

‘Bom é saber calar até ser tempo de falar’ dirige-se aos alunos do 1º ciclo, comunidade escolar e famílias com o objetivo de promover um ambiente colaborativo entre alunos, pessoal docente e não docente e restante comunidade educativa, através do desenvolvimento de valores e regras morais.

Por último, o subprojeto ‘Laboratório de aprendizagens ativas’ destina-se aos alunos do 1º e 2º ciclos. O objetivo é fomentar o recurso às novas tecnologias, como forma de estimular a construção do conhecimento ou de adquirir/consolidar aprendizagens, desenvolvendo a literacia digital, a autonomia e a criatividade.

O projeto School4All – Caminha tem como parceiros o Agrupamento de Escolas Sidónio Pais; a Rede Social de Caminha; a Comissão e Proteção de Crianças e Jovens; a Corema; o Instituto Politécnico de Viana do Castelo; a Academia de Música Fernandes Fão, a ETAP – Escola Profissional, a Associações de Pais dos estabelecimentos de ensino do concelho, Associação de Estudantes; entre outras instituições.