Altominho.tv

Ponte da Barca com risco muito elevado de infeção por Covid-19

Ponte da Barca é o único concelho do Alto Minho no nível de risco muito elevado de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, segundo o boletim epidemiológico divulgado esta sexta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

O risco muito elevado de infeção ocorre quando um concelho tem uma incidência cumulativa a 14 dias entre 480 e 959,9 casos por 100 mil habitantes. Face à semana passada, a entrada de Ponte da Barca para esta categoria é a principal alteração. Com uma incidência acumulada a 14 dias (entre 14 e 27 deste mês) de 523 casos, uma subida em relação aos 144 anteriores, Ponte da Barca é um dos três concelhos portugueses neste nível de risco.

De acordo com o relatório da situação epidemiológica no Alto Minho divulgado esta sexta-feira pela Unidade Local de Saúde do Alto Minho, o concelho de Ponte da Barca tem 47 casos ativos de Covid-19.

Em relação à incidência cumulativa a 14 dias nos restantes concelhos do Alto Minho, há ligeiras subidas em Arcos de Valdevez (269), Viana do Castelo (56) e Ponte de Lima (41), enquanto Caminha (82), Monção (39), Paredes de Coura (24) e Vila Nova de Cerveira (22) apresentam uma descida em relação ao relatório da DGS da semana anterior. Apenas Melgaço (13) e Valença (8) mantêm os mesmo valores de incidência.

Notícia atualizada às 17h28