Altominho.tv

Concurso para cartaz da Romaria d’Agonia com quase meia centena de propostas

O concurso para a conceção do cartaz da edição 2021 da Romaria de Nossa Senhora D’Agonia, em Viana do Castelo, recebeu “quase meia centena de propostas, mais do dobro de 2020”.

Em comunicado, a comissão de festas da Romaria d’Agonia, que vai decorrer entre 19 e 22 de agosto, explicou que o prazo para apresentação de propostas ao concurso começou no dia 24 de março e terminou a 21 de maio e o vencedor será revelado no final de junho.

“Este ano, com aposta na desburocratização do processo, os candidatos puderam submeter as propostas, pela primeira vez. Dentro deste período, através da página oficial www.festasdagonia.com, foram recebidas 46 diferentes propostas, de 31 autores”, especifica a nota.

O presidente da Comissão de Festa sublinhou que, “apesar dos condicionalismos que ainda se vivem devido à pandemia de Covid-19 e toda a incerteza” que “rodeia” a romaria, foram registadas “o dobro das propostas de 2020, em que as festas foram praticamente simbólicas, sem público”. “É importante este interesse acrescido por este concurso”, referiu António Cruz, citado no documento.

Em 2020, a Comissão de Festas recebeu 21 propostas de cartaz, de 16 autores.

O cartaz vencedor do concurso deste ano “é selecionado por um júri que avalia vários critérios, nomeadamente a eficácia da mensagem, originalidade e criatividade, ou a qualidade técnica e estética das propostas”.

Depois do mote “Sentir as festas d’Agonia” em 2020, que pela primeira vez em quase 250 anos deixou a romaria sem público, a edição deste ano da Romaria d’Agonia vai decorrer com um programa ao vivo e alguns momentos online, em função da evolução da pandemia de Covid-19.

A Comissão de Festas admite que “nesta edição já será possível também vivê-las com alguns eventos, nomeadamente no Centro Cultural da cidade e ao ar livre na componente religiosa, mas embora ainda com restrições”. “Tudo está a ser pensado e trabalhado, mas em última instância o que prevalecerá será o critério da defesa da saúde pública, como é óbvio”, destacou António Cruz.

A programação inclui a Festa do Traje ou os já tradicionais concertos da Romaria, com os Sons do Minho e Augusto Canário e Amigos, que este ano deverão ter público, e uma feira de artesanato, com horários de funcionamento e circuitos previamente estabelecidos, para evitar aglomerações e cumprir as orientações da Direção-Geral da Saúde.

A Romaria em honra de Nossa Senhora da Agonia realiza-se, anualmente, na cidade de Viana do Castelo, desde 1772 e desde 1783 que ocorre em agosto.