Altominho.tv

Alto Minho regista alterações após divulgação do mapa de incidência

Os dados da situação epidemiológica divulgados ontem, sexta-feira, pela Direção-Geral de Saúde (DGS), mostram que 18 concelhos de Portugal continental se encontram acima do limite de risco fixado pelo Governo. Estes municípios arriscam assim, não avançar na próxima fase de desconfinamento, agendada para 3 de maio.

No Alto Minho, constata-se que, Melgaço atinge nesta última atualização, níveis de incidência acima dos 120 casos por 100 mil habitantes (limiar de risco máximo considerado pelo governo para aplicar restrições no desconfinamento).

Seguem os concelhos de Ponte da Barca, Valença e Viana do Castelo, que registaram nos últimos 14 dias um patamar de incidência elevado (entre 60 e 120 casos por 100 mil habitantes).

O relatório reporta-se ao período de 07 a 20 de abril, e os dados agora divulgados são intercalares e funcionam como indicadores de tendência, não implicando efeitos práticos imediatos.

Recorde-se que não é apenas este mapa de incidência que define quais os concelhos que avançam, recuam ou mantêm o desconfinamento, porque o Governo toma essa decisão consoante duas avaliações seguidas, a cada 15 dias. Ou seja, não são estes números que refletem necessariamente o que acontecerá a cada concelho na próxima reavaliação que terá efeitos a partir de 3 de maio, no entanto, constituem já um forte indicador do que pode vir a acontecer.

A próxima avaliação, terá por base os valores de 14 a 27 de abril e determinará se os concelhos avançam ou não para a nova fase de alívio das restrições.

Estes são os dados divulgados pela DGS, que enquadram os níveis de risco, com base na incidência cumulativa a 14 dias:

Arcos de Valdevez:

Casos por 100 mil habitantes entre 07 e 20 de abril: 38

Caminha:

Casos por 100 mil habitantes entre 07 e 20 de abril: 44

Melgaço:

Casos por 100 mil habitantes entre 07 e 20 de abril: 124

Monção:

Casos por 100 mil habitantes entre 07 e 20 de abril: 45

Paredes de Coura:

Casos por 100 mil habitantes entre 07 e 20 de abril: 0

Ponte da Barca:

Casos por 100 mil habitantes entre 07 e 20 de abril: 72

Ponte de Lima:

Casos por 100 mil habitantes entre 07 e 20 de abril: 27

Valença:

Casos por 100 mil habitantes entre 07 e 20 de abril: 60

Viana do Castelo:

Casos por 100 mil habitantes entre 07 e 20 de abril: 85

Vila Nova de Cerveira:

Casos por 100 mil habitantes entre 07 e 20 de abril: 34