Altominho.tv

Adjudicados três postos fiscais a entidades privadas através do fundo Revive Natureza

Três postos fiscais localizados no distrito de Viana do Castelo estão entre os primeiros 12 imóveis do concurso para atribuição dos direitos de exploração turística, no âmbito do fundo Revive Natureza, tendo sido adjudicados a entidades privadas.

“Os primeiros 12 imóveis do concurso para atribuição dos direitos de exploração turística, do fundo Revive Natureza, foram adjudicados a entidades privadas que irão agora dar-lhes nova vida e funcionalidades, com vista à criação de uma oferta turística sustentável e inovadora que acrescente valor à região, atraindo novos visitantes e fixando novos residentes nas localidades onde se inserem”, indicou o Ministério da Economia em comunicado.

Os antigos postos fiscais de Viana do Castelo, da Amorosa e da Carvalha, em Vila Nova de Cerveira, integram a lista dos 12 imóveis divulgada recentemente pelo Ministério da Economia.

Segundo o executivo, nos 12 concursos está prevista a criação de 50 postos de trabalho, em projetos destinados a alojamento para fins turísticos (oito), restauração (dois) e atividades de animação e lazer de âmbito turístico (dois).

Os que foram notificados da decisão de adjudicação têm nove meses para apresentação e aprovação dos pedidos de informação prévia vinculativos junto das câmaras municipais onde se localizam os imóveis. O fundo pode conceder financiamento às entidades em causa, criando “as melhores condições para a concretização dos respetivos projetos”.

O concurso, que foi lançado em julho de 2020, recebeu 161 propostas, sendo que as vencedoras, além da recuperação do imóvel “de forma que minimize o impacto ambiental”, assumem o compromisso de criar emprego. Por outro lado, os concorrentes pretendem promover os produtos típicos da região e criar experiências para os visitantes.

O Ministério da Economia lembrou também que estão abertos, até 18 de março, concursos para a atribuição dos direitos de exploração de mais sete imóveis afetos ao fundo.

O Fundo Revive Natureza é gerido pela Turismo Fundos, responsável pela rede de imóveis do Estado.