Altominho.tv

Escola de Valença aberta para acolher filhos de trabalhadores que prestam serviços essenciais

O município de Valença e o agrupamento de escolas Muralhas do Minho criaram uma escola de acolhimento destinada aos filhos dos trabalhadores que prestam serviços essenciais.

Apesar da suspensão das atividades letivas e do encerramento dos estabelecimentos de ensino, as instalações da escola básica e secundária de Muralhas do Minho é o espaço de acolhimento disponível no concelho de Valença.

Uma medida que pretende “resguardar os pais, que por força da sua atividade profissional, desempenham atividades imprescindíveis na linha da frente no combate à pandemia de Covid-19”, refere a autarquia em comunicado.

A Câmara de Valença adiantou também que estão asseguradas as refeições de alunos beneficiários da ação social escolar.