Altominho.tv
DR

Misericórdia de Valença faz mais de 100 testes após infeção de funcionário

A Misericórdia de Valença testou os 114 utentes e funcionários do lar, após a infeção pelo vírus SARS-CoV-2 de um trabalhador na instituição.

Em declarações à Altominho TV, o vice-provedor adiantou que “os testes aos 64 utentes e a cerca de 50 funcionários foram realizados na quinta-feira, tendo sido detetados mais dois casos de infeção em mais dois colaboradores”.

“Ontem [quinta-feira] fizemos testes rápidos, na sequência de um funcionário que testou positivo. De acordo com os resultados desses testes, apenas dois funcionários estão positivos e só um deles estava em contacto direto com os utentes”, explicou Hermenegildo Alves.

No total, são três os funcionários infetados e “encontram-se em casa em isolamento”.

O responsável adiantou que, “na próxima semana, a autoridade de saúde pública deverá voltar a testar todos os utentes e funcionários”.

“Neste momento, estamos calmos e a aplicar todas as medidas necessárias”, sublinhou, acrescentando que as visitas já tinham sido canceladas em virtude do nível de risco extremo de contágio por Covid-19 que afetou o concelho de Valença.

A vacinação contra a Covid-19 prevista para sábado nesta instituição foi adiada, após confirmação dos casos de infeção.

Além da Estrutura Residencial para Idosos (ERPI), a Misericórdia de Valença dispõe de várias valências, incluindo uma creche, onde foi detetado um caso de infeção. “Na terça-feira, tivemos conhecimento de um menino que testou positivo e tivemos de encerrar as instalações nesse dia”, referiu ainda o vice-provedor Hermenegildo Alves.