Altominho.tv

Município de Viana do Castelo não autoriza instalação de carrosséis

A Câmara de Viana do Castelo “não vai permitir, nem autorizar atividades com equipamentos de diversão até 30 de setembro” devido à pandemia de covid-19, apesar do despacho do Governo que autoriza o funcionamento de carrosséis.

O diploma publicado na semana passada permite a retoma das atividades dos carrosséis, mas não autoriza a abertura de espaços como parques para crianças ou salões de festa.

O autarca de Viana do Castelo, José Maria Costa, disse que “neste tempo de incerteza e de imprevisibilidade face ao desconhecimento da evolução da covid-19 e de uma eventual segunda vaga, o município, num sentido de prudência, responsabilidade e respeito pela vida, não vai permitir, nem autorizar atividades relativas a equipamentos de diversão até 30 de setembro”.

Foi com muita responsabilidade e pesar que tivemos que restringir a participação dos vianenses a muitas atividades, devoções e manifestações culturais e religiosas com profundo sentido comunitário e de identidade, como a peregrinação quase centenária a Santa Luzia e a Romaria de Nossa Senhora da Agonia e, recentemente, a Volta a Portugal em bicicleta. Somos todos convocados a ter responsabilidade coletiva e a reduzir riscos desnecessários na prevenção da doença covid e da sua propagação“, sustentou o presidente da Câmara, capital de distrito.

José Maria Costa acrescentou que “a saúde dos vianenses estará sempre em primeiro lugar e que o respeito pela vida é um valor supremo que, para a autarquia, tem de estar acima do tudo”.

“Não podemos dar sinais contraditórios à nossa sociedade e, acima de tudo, temos de proteger e aliviar a pressão, com prevenção do Serviço Nacional de Saúde que tem estado sobre um elevado stress nestes últimos meses”, frisou, referindo não ter ainda dado entrada, nos serviços camarários, qualquer pedido para a instalação de carrosséis.