Altominho.tv

PJ detém suspeito de dois incêndios urbanos em Ponte de Lima

Um homem foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeita de ter ateado dois incêndios na casa onde vivia, em Ponte de Lima, por retaliação, devido ao abandono da residência por parte da ex-companheira, foi hoje anunciado.

O Departamento de Investigação Criminal de Braga explica, em comunicado enviado às redações, que os dois incêndios, de origem dolosa, ocorreram este mês e tiveram início numa dependência da moradia onde o detido vivia, juntamente com outro familiar.

“Os mesmos não atingiram outras proporções devido à pronta intervenção de uma testemunha, no primeiro caso, e dos Bombeiros de Ponte de Lima, na segunda situação, que extinguiram o fogo, impedindo a sua propagação à restante habitação”, especifica a PJ.

Segundo aquela força policial, o homem, de 48 anos, detido no domingo, “utilizou chama direta para deflagrar o incêndio”.

Os incêndios ocorreram na quinta-feira e no sábado.

O detido vai ser hoje presente à autoridade judiciária competente, para sujeição a primeiro interrogatório de arguido e aplicação de medidas de coação.