Altominho.tv

Horários exclusivos nos supermercados para profissionais de saúde, bombeiros e polícias

Vários supermercados espalhados por todo o país disponibilizam um horário de atendimento exclusivo para profissionais de saúde, bombeiros e forças de segurança, face à pandemia de Covid-19.

Segundo informação da cadeia Lidl divulgada no seu site, os profissionais de saúde, bombeiros, forças de segurança e proteção civil poderão fazer as suas compras, todos os dias, 30 minutos antes do horário de abertura e entre as 19h00 e as 19h30 (30 minutos após o horário de fecho).

A hora de acesso privilegiado foi aplicada em qualquer uma das 258 lojas em Portugal continental, adiantou a Lidl à Lusa.

A Lidl anunciou também o reforço de equipas nas suas lojas e entrepostos, de norte a sul, anunciando a contratação de 500 colaboradores e a implementação de um conjunto de medidas para reforçar a segurança dos colaboradores: reforço do gel desinfetante em todas as lojas e entrepostos, reforço da limpeza de materiais e equipamentos, a instalação de uma estrutura acrílica nas caixas de pagamento e a colocação de marcas no chão, assinalando a distância de segurança, na linha de caixa.

Por outro lado, adianta a marca, os clientes estão a ser também sensibilizados para a adopção de boas práticas, apelando não só ao respeito por todos, como à manutenção de distância de segurança e ao pagamento contactless ou MB Way, em vez de dinheiro. O acesso às lojas continuará a ser feito de forma restrita, estando limitado o número de clientes em função da área de venda de cada loja.

No distrito de Viana do Castelo, além das lojas Lidl, a Altominho.tv conseguiu apurar que na loja Pingo Doce, em Monção, está em vigor um horário exclusivo para os profissionais de saúde, bombeiros e forças de segurança, entre as 15h00 e as 16h00.

O Intermaché de Ponte de Lima adiantou que não disponibilizou um horário de atendimento exclusivo, mas dispõe de uma caixa prioritária para os profissionais de saúde, bombeiros e forças de segurança, que têm também prioridade no acesso à loja. Esta medida de atendimento prioritário foi também aplicada no Intermaché de Melgaço.

Na terça-feira, os hipermercados E.leclerc anunciaram, em comunicado, que devido à crise gerada pela Covid-19, estão abertos entre as 8h00 e as 9h00 em exclusivo para atender elementos das forças de segurança, bombeiros e profissionais de saúde, que têm ao seu dispor as caixas de pagamento automático.

O Minipreço divulgou também no seu site uma lista de lojas em todo o país que dispõem de um “horário especial” para profissionais de saúde, bombeiros e forças de segurança pública, mas nenhuma loja se situa no Alto Minho.

A Altominho.tv tentou contactar outras cadeias de supermercados a operar no distrito de Viana do Castelo para saber se aderiram a esta iniciativa, mas até ao momento não obteve confirmação.