Altominho.tv

Mau tempo: Cortada estrada nacional que atravessa centro urbano de Arcos de Valdevez

O trânsito no troço da Estrada Nacional 101 (EN101) que atravessa o centro urbano de Arcos de Valdevez está cortado desde as 11:00, devido à queda de uma árvore de “grande porte”, disse fonte da proteção civil municipal.

Contactado pela agência Lusa, o vereador da Câmara responsável pela proteção civil, Olegário Gonçalves, explicou que “os trabalhos de remoção da árvore deverão prolongar-se até cerca das 20:00”.

O responsável adiantou que, “além de ter interrompido a circulação rodoviária no centro urbano da vila, a queda da árvore provocou alguns danos materiais na zona do campo do Trasladário”.

Questionado sobre o risco de cheia previsto para hoje, Olegário Gonçalves referiu que, pelas 16:00, a situação do rio Vez apresentava-se “estável”.

Também pelas 16:00, contactado pela Lusa, o comandante dos Bombeiros de Ponte da Barca, José Freitas, afirmou que o rio Lima se encontrava “dentro do seu caudal”.

“Para já está a correr bem. As águas inundaram apenas o armazém de um restaurante situado na margem, situação habitual sempre que o nível das águas sobe”, especificou.

Em Ponte de Lima, o comandante dos bombeiros, Carlos Lima, referiu que as águas do Lima continuam no areal, tal como tem acontecido nos últimos dias, sem galgar as margens.

“As barragens do Alto Lindoso e do Touvedo estão a controlar as descargas de maneira a evitar que o rio saia das suas margens”, explicou.

Em Monção, fonte dos bombeiros contactada pela Lusa adiantou que o rio Minho mantém-se “estável”, alagando, tal como nos últimos dias, os parques das Caldas e da Lodeira.

Cerca de 1.800 ocorrências foram registadas em Portugal continental entre quarta-feira e as 12:00 de hoje devido ao mau tempo, sendo os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro e Viseu os mais afetados, segundo a Proteção Civil.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil alertou na quarta-feira a população para o agravamento das condições meteorológicas, com precipitação forte e persistente, vento forte nas terras altas e agitação marítima forte em toda a costa.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) emitiu para a tarde de hoje o aviso vermelho, o mais grave, para os distritos de Viseu, Guarda, Castelo Branco, Aveiro, Coimbra, Braga, Porto, Vila Real e Viana do Castelo.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.