Caminha faz candidatura para dinamizar oferta turística da Serra d’Arga

A Câmara de Caminha informou que submeteu a candidatura “Qualificação das Experiências de Touring Cultural do Minho – Caminhos de São João d’Arga”, que prevê um investimento de 120 mil euros para reforçar e preservar os recursos e dinamizar a oferta turística da Serra d’Arga.

Em comunicado enviado esta quarta-feira, a autarquia explica que este projeto tem como objetivos “contribuir para a classificação, preservação, certificação e qualificação dos recursos patrimoniais em que assenta este produto turístico, tendo em vista a estruturação em rede da oferta turística”.

Esta candidatura apresentada ao Programa Norte 2020 pretende “preservar, potenciar e promover as “marcas” da Serra d’Arga – A Romaria de São João d’Arga, ampliando o seu valor na região, bem como criar condições materiais, de segurança, de informação e de comunicação que ofereçam aos turistas itinerários e experiências de elevado valor cultural, potenciando os recursos endógenos das povoações locais”, adianta o município.

De acordo com o projeto, os investimentos em causa são: identificação, interpretação, marcação e colocação de sinalética em quatro percursos pedestres associados às tradições da romaria de São João d’Arga (Caminha- Arga de São João, Vila Praia de Âncora – Arga de São João, Arga de Cima – Arga de São João e Arga de Baixo – Arga de São João), numa extensão aproximada de 50 quilómetros; produção de brochura promocional em português e inglês; produção de conteúdos interpretativos para aplicação móvel; requalificação do Pontão do Lobo, em Arga de Cima; requalificação da Casa da Professora, em Arga de Baixo; ações de dinamização e promoção do território-alvo e dos valores naturais e endógenos.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com