Câmara de Viana investe mais de um milhão de euros na pedonalização de quatro ruas do centro histórico

A Câmara de Viana do Castelo vai investir mais de um milhão de euros numa empreitada de pedonalização de quatro ruas do centro histórico. Esta obra pretende melhorar as condições de mobilidade na Rua dos Rubins, Travessa do Salgueiro, Rua do Anjinho e Travessa Luís Jácome.

Em comunicado, a autarquia adianta que, ainda esta segunda-feira, vão iniciar as obras de pedonalização de outras quatro ruas do centro histórico: Rua da Palha, Rua da Videira, Rua da Gramática e Rua de Santo António.

A Câmara Municipal “está a investir, até 2020, no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), 20 milhões de euros em 30 diferentes projetos, cuja intervenção será focada nas sete Áreas de Reabilitação Urbana (ARU)”.

A primeira ARU foi criada, em 2013, para o centro histórico, abrangendo o núcleo medieval da cidade. Existem ainda as ARU da Cidade Poente, ARU de Darque e ARU da Frente Ribeirinha de Viana do Castelo, lançadas em 2015.

Em 2017 foram criadas mais três áreas, a ARU da Cidade Norte, envolvendo freguesias de Santa Maria Maior e Meadela, a ARU Frente Atlântica, nas freguesias de Areosa e Monserrate, e a ARU da Frente Marítima da Amorosa, na freguesia de Chafé.

O PEDU, financiado por fundos do programa Portugal 2020, “visa a qualificação do sistema urbano, mediante três diferentes planos: o Plano de Mobilidade Sustentável, o Plano de Ação de Regeneração Urbana e o Plano de Ação Integrada para as Comunidades Desfavorecidas”.