Altominho.tv

Cerveira investe 400 mil euros na requalificação de parque aquático

A Câmara de Vila Nova de Cerveira informou que vai avançar, no primeiro trimestre de 2019, a terceira fase de requalificação da zona aquática do Parque de Lazer do Castelinho, num investimento de 400 mil euros.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a autarquia explicou ter sido aprovado um financiamento de 180 mil euros pelo programa de Beneficiação de Equipamentos Municipais (BEM), ao qual o município apresentou uma candidatura no valor global de 300 mil euros.

Aquele parque temático simula uma réplica do rio Minho com os seus canais, comportas, barragens, jatos e repuxos de água.

Segundo a Câmara local, com a candidatura agora aprovada, o “investimento global na requalificação do Parque de Lazer do Castelinho ultrapassa os 700 mil euros, sendo que cerca de meio milhão de euros representa financiamento do municipal”.

A obra prevê “a substituição de todos os equipamentos, beneficiação dos pavimentos existentes com novo tratamento superficial e a construção de uma nova estrutura de apoio com câmara de manobras e reservatório soterrado”.

Considerado “uma referência turístico ambiental a nível ibérico” e a funcionar desde 2008, o Parque de Lazer do Castelinho foi alvo, entre maio e julho, de duas fases da intervenção que o “dotou de uma imagem atrativa e consentânea com as expectativas dos milhares de visitantes, quer ao nível dos espaços de circulação e da iluminação, quer na remodelação e colocação de infraestruturas”.

O espaço, junto ao rio Minho apresentava “um desgaste gradual devido à constante exposição às condições meteorológicas, associada à sua grande utilização por portugueses e espanhóis ao longo de todo o ano, mas com maior incidência no período de primavera e verão”.

Aquela intervenção “visou remodelar todo o parque infantil (renovação e colocação de novos equipamentos), os espaços de circulação, bem como dos campos de minigolfe e desportivo. Foi ainda renovada toda a iluminação pública existente para tecnologia LED”.

O parque de lazer do Castelinho “disponibiliza diversas propostas desportivas e recreativas com uma componente pedagógica ligada à natureza e aos recursos hídricos, onde a arte também ocupa lugar de destaque”.

A beneficiação daquela zona ribeirinha de vila Nova de Cerveira insere-se num projeto conjunto com o concelho de Tomiño, que prevê a construção de uma travessia pedonal e ciclável, com cerca de 900 metros de comprimento, que ligará os dois municípios vizinhos. A travessia integra-se no projeto de criação de eco parque comum, o Parque Transfronteiriço Castelinho-Fortaleza.

Aquele parque resultará da união de dois espaços urbanos e de lazer, que se encontram “um em frente do outro, “separados por apenas 230 metros de água do rio Minho”.

A “oferta diversificada e complementar de valências” das duas estruturas está na origem da do projeto que terá uma área total de 24,6 hectares resultado da união do parque de lazer do Castelinho, em Vila Nova de Cerveira, e do espaço Fortaleza de Goián, em Tomiño.

O objetivo é “fomentar o conceito de um destino, dois países, valorizando o rio Minho como um elemento aglutinador de desenvolvimento de diversas vertentes.

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!