Altominho.tv
OLÁ VIDA

Monção vai prolongar ecopista do rio Minho

A Câmara de Monção vai investir perto de 120 mil euros no prolongamento da ecopista do rio Minho entre o Parque das Caldas e a freguesia da Bela para garantir a ligação entre aquela vila e o centro histórico de Valença.

De acordo com fonte da autarquia, as obras, que vão começar este mês, representam a primeira fase de uma empreitada que, no total, irá assegurar um percurso de 4,3 quilómetros junto àquele rio internacional.

A intervenção, já adjudicada pela Câmara liderada por António Barbosa, tem uma extensão de 1.050 metros, terminando na zona do posto aquícola, em Troviscoso, antes da ponte sobre a ribeira do Ameal.

“O prolongamento deste corredor ecológico, que tem merecido referências elogiosas e recebido várias distinções, permitirá a criação de mais um motivo de interesse para quem gosta de passear ou praticar desporto em comunhão com a natureza”, afirmou o autarca, citado na nota do município.

Segundo a autarquia, o “traçado resultou de um estudo exaustivo, que sofreu diversas alterações, até se encontrar a solução menos impactante no sistema natural protegido. Serão utilizadas técnicas de estabilização de taludes e proteção de linhas de água baseados em princípios de engenharia natural”, explicou a fonte municipal.

“Toda a ocupação será implantada sobre diversos caminhos rurais e agrícolas existentes e alguns carreiros de pescadores, não colidindo com a paisagem natural ou com os movimentos do rio Minho em períodos de cheia, respeitando a vegetação autóctone envolvente”, adiantam.

A obra contempla a construção de “um passadiço elevado em madeira com, aproximadamente, 55 metros de extensão, devido a uma depressão existente, junto a uma velha pesqueira parcialmente destruída”. Os trabalhos incluem a demolição de “uma ponte de betão armado, sendo substituída por uma nova ponte em madeira, mais elevada e com maior dimensão”.

Com o prolongamento da ecopista do rio Minho, o município de Monção pretende garantir “a passagem dos utilizadores por um percurso serpenteante, adaptado à topografia original e incidindo em carreiros e caminhos existentes, evitando-se o corte de vegetação autóctone e permitindo um trajeto seguro sem impacto negativo no solo e na paisagem”.

O primeiro troço da ecopista do rio Minho entre Monção e Valença foi inaugurado em 2004 e tem, atualmente, uma extensão superior a 20 quilómetros entre os centros históricos dos dois municípios vizinhos.

Em 2009, aquele troço da ecopista do rio Minho foi classificado como o quarto melhor da Europa. Em 2017, o percurso total, de cerca de 46 quilómetros, entre Seixas, no concelho de Caminha, e Monção, recebeu o título de terceira melhor Via Verde da Europa.

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!