Altominho.tv

Câmara oferece “boleia” para a fun zone de Dem na noite que antecede o rally de Portugal

A edição 2018 do Rally de Portugal chega sexta-feira às estradas do concelho de Caminha, mas a festa do desporto começa na véspera, com um convívio sunset na Senhora das Neves, onde uma “Fun Zone” espera os mais aventureiros e a Câmara oferece a “boleia”. No dia das provas, os carros fazem os abastecimentos no Largo da Feira, de onde seguem para o troço do rally e há vários condicionamentos de trânsito a ter em conta. Quem quiser assistir mesmo às provas deve respeitar a sinalização e permanecer em segurança nas Zonas Espetáculo, já que são esperados milhares de pessoas.

Os 18,11 quilómetros de estrada já estão prontos e ontem receberam os pilotos para algumas voltas de reconhecimento. Sexta-feira, a prova cruza o troço de Caminha de manhã, poucos minutos depois das 10h00, e à tarde, perto das 16h30.

Os abastecimentos terão início antes das provas, ou seja, antes das 10h00 começarão a passar carros e pilotos pela entrada da Vila de Caminha, rumo ao Largo da Feira, onde tudo irá acontece. Na da parte da tarde repete-se toda a operação, antes das 15h00, o que já e si constitui um bom espetáculo e não deixará com certeza de atrair público.

Mas a verdade é que a festa do desporto automóvel arranca no dia 17, quinta-feira, mais precisamente na noite anterior à etapa de Rally de Portugal em Caminha. A Câmara vai disponibilizar serviço de “transfer”, com uma carrinha de nove lugares pronta para transportar as pessoas que queiram ir para a Fun Zone de Dem, Senhora das Neves, para participar no sunset que ali vai acontecer.

Este “transfer” vai decorrer entre o parque de estacionamento em Dem, junto à ponte, de meia em meia hora, entre as 19h00 do dia 17 de maio e as 00h00 do dia 18 de maio.

Como referimentos, o Rally de Portugal obriga a condicionamentos/interdições de trânsito referentes às classificativas. Nas zonas afetadas pelas interdições de trânsito, apenas poderão circular veículos devidamente credenciados pertencentes à organização, bem como moradores das áreas afetadas pela interdição, sendo que deve ser feita prova que aí efetivamente reside.

Redes Sociais

Mais de 40.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!