Altominho.tv

Cerveira recebe exposição de Ângelo de Sousa, Gerardo Burmester e Marcos Covelo

Uma exposição de pintura com obras de Ângelo de Sousa, Gerardo Burmester e do espanhol Marcos Covelo ficará patente a partir de sábado no Fórum Cultural de Cerveira, em Vila Nova de Cerveira, com 15 obras de grande formato.

Patente até 17 de março, a mostra “Pintura em três atos” abre a programação de 2018 da Fundação da Bienal de Arte de Cerveira (FBAC), e integra o programa de comemoração dos 40 anos da Bienal Internacional de Arte de Cerveira.

No mesmo espaço estão reunidas 15 obras de grande formato de “três artistas de gerações distintas que, em momentos também distintos, fizeram parte da bienal de arte mais antiga do país e se encontram representados na coleção da FBAC”, referiu a organização em comunicado.

A comissária da exposição, Elisa Noronha, considera a mostra “um fragmento da plural e extensa produção” dos três artistas, e coloca no mesmo espaço três processos diferentes sobre a pintura, além de refletir sobre o próprio arquivo da FBAC e o passado da bienal.

“Em Ângelo de Sousa, através de uma consciência sobre a própria pintura, do pintar a realidade da pintura. Em Gerardo Burmester, através da sua ‘objetualização’; e, em Marcos Covelo, através da sua expansão”, comentou, citada em comunicado.

Uma das obras incluídas na mostra é um quadro (acrílico sobre tela) de Ângelo de Sousa (1938-2011), sem título, datado de 1979 e com 170×170 centímetros de tamanho, que venceu o Prémio Revelação Pintura na segunda edição da Bienal de Cerveira (1980).

Redes Sociais

Mais de 40.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!