Altominho.tv

Confirmado primeiro caso no concelho de Valença

O presidente da Câmara de Valença confirmou, esta quarta-feira, o primeiro caso de infeção no concelho pelo novo coronavírus, adiantando tratar-se de uma mulher.

Contactado pela Altominho TV, Manuel Lopes adiantou que “apenas teve conhecimento do caso hoje de manhã” e que a mulher “se encontra no hospital de Braga”, depois de ter estado “isolada e apresentar alguns sintomas há 10 dias”.

“Sabemos que a senhora recebeu o contacto de uma filha que estava a trabalhar em Felgueiras e que essa visita poderá estar na origem do caso de infeção”, refere o autarca, acrescentando que a “mulher vivia com o marido que, neste momento, não apresenta sintomas, mas por precaução se encontra em quarentena”.

O presidente da União das Freguesias de São Julião e Silva revelou à Altominho TV a existência de um segundo caso no concelho, uma mulher com “cerca de 50 anos”. “A senhora e o marido, residentes em Lisboa, estão agora em isolamento numa casa que têm na freguesia da Silva”, adiantou Manuel Barros.

O presidente da Câmara de Valença, questionado sobre a existência de um segundo infetado, referiu que “está a aguardar a confirmação oficial do caso por parte das autoridades de saúde”.

Segundo o autarca, “é expectável que surjam mais casos no concelho” e apela à população para “redobrar os procedimentos e para cumprir as indicações da Direção-Geral da Saúde”.

Manuel Lopes mostrou-se ainda “preocupado” com o número de emigrantes que estão de regresso a Valença. “O concelho tem recebido bastantes emigrantes e apelamos para que cumpram os 14 dias em casa, em quarentena”, sublinhou.