Altominho.tv
GOOGLE EARTH

Ampliação de 2,6 milhões de euros de área empresarial em Ponte da Barca começa em novembro

A ampliação do parque empresarial de Rodo, em Ponte da Barca, orçada em mais de 2,6 milhões de euros, vai começar em novembro, com a execução da primeira fase que prevê 12 lotes e novos arruamentos.

Contactado pela agência Lusa, a propósito de uma nota de imprensa da autarquia, Augusto Marinho, explicou que o contrato da empreitada para a execução da área de acolhimento empresarial de Ponte da Barca – Parque Empresarial do Rodo II foi assinado com a empresa vencedora do concurso público, no valor de 2.605.201,60 euros e com prazo de execução de 365 dias.

O autarca de Ponte da Barca adiantou que “o contrato vai ser submetido à aprovação do executivo municipal, na reunião do dia 8 e, posteriormente, à Assembleia Municipal, prevista para este mês.

“O contrato seguirá depois para o Tribunal de Contas que tem 30 dias para emitir o visto. Se tudo correr como esperamos, a obra estará no terreno em novembro”, disse.

A “empreitada está dividida em duas fases e visa a implantação de 21 novos lotes destinados a indústria, serviços e comércio e uma área para equipamento de domínio privado municipal, num terreno com 68.356,00 metros quadrados de superfície”.

Na primeira fase da empreitada “serão implantados 12 lotes e novos arruamentos secundários, que se tornam vitais para a interligação com as vias de comunicação principais existentes: Estrada Nacional 101 (EN101), Estrada Municipal 531 (EM531) e a Rua Heróis do Ultramar”.

“Será feita uma futura ligação com a segunda fase do projeto, proporcionando a boa articulação dentro do parque empresarial”, especifica a nota enviada esta sexta-feira à imprensa.

Junto “à área de intervenção existem dois equipamentos públicos, o quartel dos Bombeiros Voluntários de Ponte da Barca e o pavilhão desportivo municipal, motivo pelo qual serão criados estes novos arruamentos, permitindo não só mais eficiência nas acessibilidades, como também uma maior agilidade para aceder a vias de comunicação primárias, facilitando os acessos às localidades das redondezas”.

A segunda fase de ampliação da zona empresarial de Rodo, com nove lotes, tem um prazo de execução de um ano.

Segundo a autarquia, “a empreitada visa dar resposta à crescente necessidade económica do mercado de Ponte da Barca e colmatar o tecido urbano expectante daquela zona”.

“É com um novo traçado de vias e rigor do dimensionamento das mesmas, aliadas às respetivas infraestruturas necessárias, que se pretende promover uma melhor qualidade e conforto no usufruto do espaço público, adequando o desenho urbanístico às atuais exigências do novo parque empresarial Rodo II e à respetiva população de Ponte da Barca”, refere a nota.