Altominho.tv

Cerca de 2,5 milhões de pessoas assistiram ‘online’ à Romaria d’Agonia

Cerca de 2,5 milhões de pessoas acompanharam os números da Romaria d’Agonia, em Viana do Castelo, através de canais oficiais nas redes sociais, com destaque para a transmissão ‘online’ do Desfile da Mordomia, informou hoje a organização.

“Além da estrondosa enchente ao vivo, de pessoas por toda a cidade, estamos a falar de uma verdadeira enchente ao nível da procura pela nossa festa em todo o mundo. Mais uma vez voltamos a bater todos os recordes ‘online’ anteriores, apesar de a festa voltar a ser feita totalmente ao vivo”, destacou António Cruz, presidente da Comissão de Festas da Romaria da Senhora d’Agonia, citado numa nota enviada às redações.
A edição 2022 da Romaria d’Agonia decorreu entre os dias 17 e 21 deste mês.

Segundo dados avançados pelo presidente da Câmara de Viana do Castelo, no último dia dos festejos, mais de 1,250 milhões de pessoas passaram pela cidade, durante os cinco dias das festas.

O autarca socialista adiantou que aquele número é um dos primeiros dados do levantamento que o município está a realizou este ano, pela primeira vez, para avaliar o impacto das festas.

Sobre o impacto económico dos cinco dias de romaria, disse que esses “dados de fundo vão agora ser tratados” para posterior divulgação.

Hoje, a Comissão de Festas adiantou que, de acordo com “os dados fornecidos pelas próprias redes sociais, só nos dias da festa a página da Romaria na rede social Facebook recebeu mais de 75 mil visitas e, no Instagram, mais de 35 mil visitas, no mesmo período”.

Apenas na rede social Facebook, a página oficial da Romaria, que transmitiu em direto a generalidade dos conteúdos e momentos ao vivo da festa de 2022, os oito principais eventos alcançaram mais de 2,5 milhões de pessoas. Destes, 1.062.409 referem-se ao desfile da Mordomia que na quinta-feira, 18 de agosto, juntou 709 mulheres”.

O vídeo, com a duração de menos de um minuto e meio, que resume um desfile que já não se realizava desde 2019, símbolo da ‘chieira’ [orgulho] das mulheres vianenses espalhadas por todo o mundo, foi publicado duas horas após a sua realização e captou o interesse geral”.
“O que notámos pela origem dos acessos é que cada vez mais os conteúdos e a aposta no ‘online’ servem para promover e com isso potenciar, posteriormente, a visita física à festa. Além, claro, de minimizar a distância para quem não pôde estar”, destacou António Cruz.

Segundo a organização, também a fotografia, que ao longo das décadas tem eternizado cada edição da Romaria d’Agonia, voltou a destacar-se em 2022 nos canais digitais.

Além da exposição física que reuniu 30 fotógrafos com trabalhos que retrataram o último meio século da festa, ao longo dos dias da festa foram publicados nas redes sociais da Romaria d’Agonia vários álbuns de fotografias de cada um dos quadros, entre as iluminações, o Desfile da Mordomia, a noite dos Tapetes da Ribeira e o cortejo histórico etnográfico, que este ano recebeu 170 mil visitantes espalhados pelas diversas artérias por onde passou, e que nas plataformas ‘online’ somaram “mais de um milhão de visualizações e milhares de partilhas”.

Além da rede social Facebook, outro dos canais de referência para os conteúdos da Romaria da Senhora d’Agonia de 2022 foi a página no Instagram, que com mais de 10 mil seguidores, oficial e verificada, chegou a 119 mil pessoas ‘online’ durante o período festivo.

“Só os dados destas duas redes sociais revelam que durante o período de festa visitaram a página da Romaria d’Agonia no Facebook 75.289 utilizadores (mais 564% no espaço de um ano) e no Instagram 30.569 (mais 869%)”, especifica a nota.