Altominho.tv
FACEBOOK ABEL BAPTISTA

Abel Baptista renuncia ao cargo de vereador em Ponte de Lima

Abel Baptista, candidato pelo movimento Ponte de Lima Minha Terra (PLMT), não vai ficar como vereador na Câmara Municipal de Ponte de Lima. A decisão foi anunciada esta sexta-feira.

No comunicado partilhado na sua página de Facebook, Abel Baptista justifica a renúncia ao cargo dizendo entender que, “ao não serem aceites o programa, a equipa e as propostas” que apresentou nas últimas eleições, deve “permitir que a equipa Ponte de Lima Minha Terra possa repensar livremente o seu destino, a sua estratégia e o seu futuro”.

Abel Baptista candidatou-se, pela segunda vez, à presidência da Câmara Municipal de Ponte de Lima e, naquela nota, sublinha que, durante a campanha eleitoral, sempre se afirmou “como candidato a presidente da Câmara e como única alternativa ao poder instalado no concelho”. “Realizadas as eleições, no dia 26 de setembro, os limianos escolheram a continuidade, em detrimento da candidatura Ponte de Lima Minha Terra – PLMT. Disse-o muitas vezes que me dispunha a servir o meu concelho, mas que não me impunha”, afirma.

E acrescenta: “Não tendo sido escolhido entendo que devo permitir que, livremente, sem pressões e sem a minha presença, seja feita a reflexão, o debate e a escolha de alguém que possa vir a ser uma alternativa de poder em Ponte de Lima.”

Na nota de renúncia ao cargo de vereador, Abel Baptista diz continuar a “acreditar que Ponte de Lima precisa de uma nova visão autárquica porque o concelho está em declínio demográfico, social, económico, ambiental e ecológico”.

“Os colegas que estão eleitos para a Câmara Municipal, para a Assembleia Municipal, para as Juntas e Assembleias de Freguesia serão todos excelentes autarcas, são notáveis cidadãos e com enormes competências pessoais, políticas e sociais para representarem os 7689 eleitores que em nós confiaram o voto”, refere ainda o antigo vereador e vice-presidente da Câmara de Ponte de Lima, entre 1994 e 2001.

“Ao fim de 28 anos de serviço público vou dedicar-me à minha vida pessoal, familiar e profissional”, escreve Baptista, prometendo “continuar a ter a visão, intervenção e participação cívica” no concelho de Ponte de Lima.

Nas eleições autárquicas de 26 de setembro, o CDS-PP foi o partido vencedor com 43,38% dos votos e elegeu Vasco Ferraz como novo presidente da Câmara. O movimento PLMT ficou em segundo, com 28,02% dos votos.