Altominho.tv

Cinco concelhos com maior incidência de infeções a 14 dias

Boticas, Vila do Bispo, Lagos, Mourão e Albufeira são os concelhos que apresentam maior incidência de infeções a 14 dias pelo coronavírus da covid-19, acima dos 960 casos por 100 mil habitantes, segundo o relatório epidemiológico hoje divulgado.

A incidência cumulativa a 14 dias reporta-se ao período entre 05 e 18 de agosto, com o relatório da Direção-Geral da Saúde (DGS) a mencionar cinco concelhos acima do limiar máximo de mais de 960 casos por 100 mil habitantes definido pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças: Boticas (1.502), Vila do Bispo (1.360), Lagos (1.275), Mourão (1.069) e Albufeira (990).

No limiar mínimo de menos de 20 casos por 100 mil habitantes encontram-se 11 concelhos: Figueira de Castelo Rodrigo (18), Madalena (17), Alvaiázere (15), Sertã (07), Corvo, Marvão, Mêda, Lajes das Flores, Penedono, São Roque do Pico e Santa Cruz das Flores (estes sete últimos não registaram qualquer caso de infeção).

Comparativamente aos dados divulgados há uma semana, a DGS reporta mais um concelho acima do limiar máximo de casos e menos três sem infeções.

No final de julho, o Governo determinou que o nível de risco na matriz de monitorização da pandemia de covid-19 passaria a fixar-se em 480 casos por 100 mil habitantes a 14 dias em vez dos anteriores 240, decidindo também que deixaria de haver medidas diferenciadas por concelhos.

Com incidência cumulativa entre 480 e 959,9 casos por 100 mil habitantes estão, agora, 20 concelhos, menos 09 do que os mencionados na semana passada.

No patamar imediatamente acima, entre 240,0 e 479,9 casos, surgem 93 concelhos, menos 30 do que os reportados no relatório precedente. 

No nível intermédio, entre 120,0 e 239,9 casos por 100 mil habitantes, contabilizam-se 100 municípios. Logo acima, entre 60,0 e 119,9 casos, estão 49 concelhos.

Ainda de acordo com o relatório da DGS, no segundo limiar mais baixo de incidência de infeções por SARS-CoV-2 a 14 dias, entre 20,0 e 59,9 casos por 100 mil habitantes, situam-se 27 concelhos.

A DGS define a incidência cumulativa a 14 dias de infeção pelo coronavírus que causa a covid-19 como o “quociente entre o número de novos casos confirmados nos 14 dias anteriores ao momento da análise e a população residente estimada, por concelho, a 31 de dezembro de 2020”, sendo que “habitualmente é expressa em número de casos por 100.000 habitantes”.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 17.622 pessoas por covid-19 e foram registados 1.014.632 casos de infeção, segundo as mais recentes estatísticas da DGS.

A covid-19 é uma doença respiratória provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, tipo de vírus detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e que se disseminou rapidamente pelo mundo, tornando-se uma pandemia.