Altominho.tv

Fronteira da Madalena reabre na terça-feira

A Câmara de Ponte da Barca informou que, a partir de terça-feira, as populações desta zona vão poder voltar a atravessar a fronteira da Madalena, em Lindoso, que passa a integrar os pontos de passagens permitidos no novo estado de emergência.

Em comunicado, a autarquia presidida por Augusto Marinho saudou a decisão de reabertura da fronteira da Madalena, que passará a estar aberta duas vezes por dia.

“A informação surge na sequência de conversa de Augusto Marinho com o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, que garantiu a criação de um posto de passagem autorizado à semelhança do que sucede com as fronteiras de Monção e Melgaço, ou seja, com passagem autorizada de manhã e ao final da tarde nos dias úteis”, divulgou o município.

O presidente da Câmara de Ponte da Barca sublinhou, naquele comunicado, que “o Governo atendeu a uma justa reivindicação dos muitos trabalhadores transfronteiriços que diariamente utilizam a fronteira da Madalena, em Lindoso”.

“A decisão de reabertura da fronteira da Madalena, no próximo dia 2 de março, põe um ponto final no longo período de encerramento do único ponto fronteiriço do vale do lima com a Galiza e de grande injustiça para com Ponte da Barca”, salienta a autarquia.

No distrito de Viana do Castelo, o único ponto de atravessamento permanente faz-se através da ponte nova entre Valença e Tui. Com abertura parcial, há os pontos de passagens autorizados de Monção e Melgaço, que funcionam nos dias úteis das 06h00 às 09h00 e das 17h00 às 20h00.