Altominho.tv

Melgaço é o segundo município português a assinar a Declaração Europeia das Cidades Circulares

Melgaço assinou a Declaração Europeia das Cidades Circulares, que prevê criar uma sociedade responsável e eficiente, através de recursos com baixo teor de emissões de carbono. Depois da cidade de Guimarães, é o segundo município português a assinar o documento.

“Em Melgaço, os princípios da economia circular estão a ser experimentados e implementados de forma ampla em vários campos, como a sustentabilidade dos recursos naturais – água, recuperação de resíduos orgânicos – com foco na aplicação de processos seletivos a materiais urbanos orgânicos e recicláveis (papel, plástico, vidro, eletrodomésticos), e em resíduos provenientes de indústrias rurais”, explica o município em comunicado.

Segundo o presidente da Câmara, Manoel Batista, citado naquela nota, “o município está profundamente empenhado em investimentos em estratégias de descarbonização e promoção de fontes de energia passiva”.

De acordo com a autarquia, a assinatura da declaração, que pretende “auxiliar no processo de aceleração da transição de uma economia linear para uma economia circular na Europa”, teve por base dois importantes eixos no concelho, nomeadamente, a promoção da coesão territorial, socioeconómica e cultural inerente à preservação e valorização da identidade do território e a necessidade de melhoria de processos, sistemas e curto-circuitos e implementar estratégias que garantam a coesão urbana e rural.

O documento contém uma visão comum e partilhada que ajuda a garantir que as cidades e regiões que assinam a declaração atuam como uma força conjunta rumo à circularidade.