Altominho.tv
TIAGO BARREIROS

Bloco de Esquerda questiona Governo sobre avaria de raio-X na urgência de Monção

O Bloco de Esquerda questionou esta quinta-feira o Ministério da Saúde sobre o equipamento de raio-X do Serviço de Urgência Básico (SUB) de Monção que, segundo “denúncias” recebidas pelo partido, está avariado “há aproximadamente dois meses”.

No requerimento hoje enviado ao ministério de Marta Temido, o Bloco de Esquerda (BE) quer saber “se o Governo tem conhecimento da situação e que medidas estão a ser desencadeadas para assegurar a celeridade da aquisição ou reparação do raio-X”.

Segundo o BE, aquela avaria obriga os utentes que necessitem de recorrer à SUB de Monção “a deslocarem-se a serviços privados existentes no concelho ou à cidade de Viana do Castelo, que fica a 80 quilómetros de distância”. 

O centro de saúde de Monção, que integra a Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM), “é dotado de Serviço de Urgência Básico (SUB), dando resposta a uma população que ascende às 20 mil pessoas”.

“A ULSAM está atenta à situação, mas não tem uma data para solucionar a situação”, sustenta o BE, reforçando que aquela avaria é “altamente penalizadora dos utentes que se vêm impedidos de aceder aos cuidados de saúde de proximidade de que necessitam e aos quais têm direito”.

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.