Viana do Castelo investe em quatro anos mais de 1,5 milhões de euros na prevenção de incêndios florestais

A Câmara de Viana do Castelo investiu, entre 2016 e 2019, mais de 1,5 milhões de euros na prevenção de incêndios florestais, a que acresce o financiamento de três equipas de sapadores florestais e do Gabinete Técnico Florestal, bem como outras intervenções assumidas pelo município.

Em comunicado, a autarquia adiantou que, em 2018, as faixas de gestão de combustível “representaram um investimento de 512 mil euros e, no presente ano, a verba já atingiu os 310 mil euros”.

Segundo o município, o programa POSEUR garantiu para a rede primária da defesa da floresta um financiamento de 245 mil euros, entre 2016 e 2017, e de 498 mil euros, entre 2017 e 2018.

O vereador da Coesão Territorial, Luís Nobre, segundo informação avançada pela autarquia, já assinou protocolos com associações do concelho no sentido de prevenir incêndios florestais.

Entre o município e a Associação Florestal do Lima foi assinado um protocolo para financiamento da equipa de sapadores florestais, que representa um investimento anual de 28.500 euros e “implica disponibilizar, uma vez por semana, à associação, um espaço e condições logísticas para a criação de posto informativo”.

Um outro protocolo foi celebrado com o Conselho Diretivo dos Baldios de Carvoeiro, para equipa de sapadores florestais, num investimento de 25.000 euros por ano. Este acordo “implica a disponibilização de trator com capinadeira para eventuais trabalhos em ações preventivas”.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com