Propostas para o Orçamento Participativo de Vila Nova de Cerveira já podem ser submetidas

Vila Nova de Cerveira vai promover mais uma edição do Orçamento Participativo Geral, uma iniciativa que este ano apresenta algumas alterações.

Segundo o que a autarquia explica em comunicado, na edição de 2019 as propostas apresentadas devem ser enquadradas em cinco novas áreas de intervenção, nomeadamente Acessibilidade e Mobilidade Suave, Património Cultural e Histórico, Mobiliário Urbano, Ação Social e Proteção Ambiental e Energia”.

O montante global do Orçamento Participativo de Vila Nova de Cerveira mantém-se nos 90 mil euros. As propostas só poderão ter um valor máximo de 60 mil euros e, caso a verba total seja esgotada mediante as propostas votadas e a proposta seguinte supere o montante ainda disponível, será negociado com o proponente a possibilidade de reformulação ou faseamento.

O período de submissão de propostas decorre até ao dia 14 de julho, assim como a realização de assembleias participativas em todas as freguesias, de forma a esclarecer dúvidas, incentivando à participação e auscultando possíveis ideias para apresentação de propostas.

Entre 1 e 30 de setembro, decorrerá o período de análise de propostas e de reclamação para avançar para o processo de votação, que continua limitado a um voto por pessoa.

Podem participar, através da plataforma do Orçamento Participativo Geral de Vila Nova de Cerveira, todos os cidadãos com idade igual ou superior a 15 anos, naturais, residentes, trabalhadores ou estudantes no concelho.