Altominho.tv

Autorizada reabilitação de casas afetadas por incêndios em Monção

O Governo autorizou a elaboração de projetos de reconstrução das casas destruídas pelos incêndios de outubro de 2017 em Monção, Arouca e Castelo de Paiva, foi hoje publicado em Diário da República.

Três despachos do secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Ângelo Nelson Rosário de Souza, um por cada município, autorizam “a contratação de serviços de consultoria técnica para a elaboração dos projetos de arquitetura e especialidades relativos à habitação danificada pelos incêndios ocorridos em outubro de 2017.

Na decisão do Governo, são também subdelegadas em Fernando José Guimarães Freire de Sousa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), as competências para a realização dos atos.

O Programa de Apoio à Reconstrução de Habitação Permanente (PARHP) é uma medida aprovada pelo Governo destinada a apoiar as pessoas singulares e os agregados que viram as suas habitações danificadas ou destruídas por incêndios ocorridos em outubro do ano passado, em vários concelhos das regiões Norte e Centro do país.

De acordo com o Governo, compete à CCDRN a responsabilidade pela realização das obras de construção, reconstrução ou conservação.

O incêndio que deflagrou no dia 14 de outubro de 2017, em Monção, consumiu milhares de hectares de floresta e destruiu várias habitações.

Redes Sociais

Mais de 50.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!