Entre Margens leva música e dança a Caminha

De 1 a 3 de junho, Caminha volta a ser a capital da música tradicional e da dança, com a promoção de mais uma edição do Entre Margens – Encontro de Tocadores.

À semelhança das edições anteriores, o Entre Margens conta com um programa vasto e diversificado, que procura atrair mais visitantes ao concelho.

Oficinas, exposições, mostra de construtores de instrumentos musicais tradicionais, palestras, concertos, foliadas e bailes ao improviso, gigantones e cabeçudos, animação para famílias, entre muitas outras iniciativas, preenchem os três dias do evento.

A organização está a ultimar os preparativos para receber tocadores de instrumentos tradicionais de diferentes gerações, que irão partilhar saberes, repertórios e técnicas instrumentais antigas e contemporâneas da região do Minho e da Galiza. O objetivo é “promover e divulgar o concelho a nível nacional e internacional e potenciar a economia local”.

A abertura do evento está agendada para o dia 1 de junho, pelas 18h00, com um convidado de honra de 99 anos de idade, tocador de acordeão, Joaquim Barreiros.

Esta iniciativa é organizada pela PédeXumbo – Associação para a Promoção da Música e da Dança, aCentral Folque – Centro Galego Música Popular e Câmara Municipal de Caminha.