Altominho.tv

GNR investiga suspeita de fogo posto em carro do Presidente da Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora

A GNR está a investigar uma suspeita de fogo posto, hoje de madrugada, na viatura particular do Presidente da Junta de Freguesia de Vila Praia de Âncora, no concelho de Caminha, disse à Lusa aquela força policial.

Contactada pela agência Lusa, fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo adiantou que “a viatura foi alvo de perícia por parte do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) para a recolha indícios, com vista à elaboração do auto de notícia a enviar ao Ministério Publico”.

A fonte acrescentou que “as suspeitas de fogo posto prendem-se com o facto de a viatura, estacionada na via pública, ter ardido do banco do condutor para trás, deixando intacta a parte da frente, onde se encontra o motor”.

O veículo, com cerca de 14 anos, ardeu à porta de casa do presidente da Junta de Vila Praia de Âncora (PSD).

Em declarações a Lusa, Carlos Castro disse ter “acordado cerca das 03:30 da manhã com o barulho de uma explosão”.

“Quando cheguei à porta de casa deu-se outra explosão e vi o carro envolto em chamas. Chamei os bombeiros e a GNR. Há indícios que a origem do fogo foi na parte traseira do carro”, explicou.

O autarca adiantou que a “hipótese de fogo posto pode ter cabimento”, alegando “questões políticas”.

“Recentemente foram colocadas cruzes pretas nas portas e janelas da Junta de Freguesia. Tudo isto faz pensar muita coisa”, referiu.

Redes Sociais

Mais de 40.000 pessoas acompanham a Altominho.tv nas principais redes sociais. Junte-se à nossa comunidade no Facebook, Twitter, Youtube e Instagram.
Acompanhe-nos nesta viagem pelo Alto Minho!