Altominho.tv

Linha do Minho cortada em Caminha devido a abalroamento que causou três feridos

Um comboio abalroou hoje uma viatura ligeira na Linha do Minho, em Caminha, distrito de Viana do Castelo, causando três feridos, entre os quais uma criança, obrigando ao corte da circulação ferroviária, disse fonte da Proteção Civil.

O alerta para o abalroamento ferroviário na Linha do Minho na passagem de nível de Lampejão, freguesia de Moledo e Cristelo, em Caminha, foi dado às 14:58, disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo.

Segundo adiantou à agência Lusa o vice-presidente da Câmara de Caminha, Guilherme Lagido, os feridos são “as duas mulheres que seguiam nos lugares da frente do veículo ligeiro, sendo que o rapaz de 12 anos, que seguia no banco traseiro da viatura, foi transportado ao hospital”, desconhecendo-se a gravidade dos ferimentos.

Contactada pela Lusa, fonte da Infraestruturas de Portugal (IP) adiantou que o acidente envolveu um comboio inter-regional que fazia a ligação entre Valença e Viana do Castelo, na Linha do Minho.

A mesma fonte explicou que “os mecanismos da passagem de funcionaram”.
“Após o aviso, as barreiras baixaram”, afirmou, adiantando estarem a ser apuradas as causas do abalroamento.

Ao local compareceram 21 operacionais de 11 viaturas dos bombeiros voluntários de Vila Praia de Âncora e Caminha, a Viatura de Emergência Médica (VMER) estacionada no hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo, Infraestruturas de Portugal e GNR.